×
167
Fashion Jobs
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
22 de jan de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Mytheresa: CEO Michael Kliger fala sobre da plataforma entrada em bolsa

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
22 de jan de 2021

Janeiro não é um mês sombrio para todos. Michael Kliger, CEO da Mytheresa.com, concluiu com sucesso uma entrada em bolsa que avalia a sua plataforma de venda de luxo online em 2,2 bilhões de dólares. Falamos com o executivo algumas horas antes do momento decisivo.


Michael Kliger, CEO daMytheresa


Devido à pandemia, Michael Kliger não conseguiu ir pessoalmente a Wall Street na quinta-feira (21) para fazer soar o famoso sino indicando o início da venda das ações da Mytheresa na Bolsa de Valores de Nova York. Mas, apesar de tudo, Kliger pode orgulhar-se do impressionante sucesso do lançamento da sua plataforma.
 
De acordo com os termos da introdução em bolsa, a MYT Netherlands Parent, proprietária da Mytheresa, propôs para venda 15.647.059 ações depositárias americanas a um preço de 26 dólares cada, reunindo uma soma de 407 milhões de dólares. A MYT também concedeu aos operadores da transação a possibilidade de venderem 2.347.058 ações suplementares durante 30 dias, o que poderá representar 61 milhões de dólares.

Estes números representam um marco notável para a Mytheresa, que há 15 anos era uma simples boutique de luxo de Munique destinada a bávaros ricos. Michael Kliger juntou-se à equipe em 2015, após deixar a Ebay Enterprises.
 
Pouco antes da introdução oficial das ações da Mytheresa na Bolsa de Valores de Nova York, conversamos com o naturalmente radiante CEO da empresa, Michael Kliger. Eis o que ele nos disse.


Sede da Mytheresa, em Munique - Fotografia: Mytheresa


FashionNetwork.com: Por que acha que o mercado se mostra tão receptivo à entrada em bolsa da Mytheresa? 
Michael Kliger: Acho que existem três razões para isso. Antes de mais nada, a nossa história no luxo online ainda está no início, e esperamos que três vezes mais consumidores comprem luxo online nos próximos anos. Por outro lado, a Mytheresa adotou um posicionamento muito original e único. Procuramos focar-nos na faixa mais exclusiva do luxo e os nossos clientes são perfis muito procurados, o que nos torna ainda mais atrativos. Oferecemos coleções-cápsula e itens exclusivos de alta qualidade, o que nos diferencia da concorrência. E crescemos mantendo a rentabilidade: ao combinar os dois, obtém-se um perfil bastante único no e-commerce em geral. Não existem muitas marcas que podem dizer o mesmo.

FNW: Quem está comprar as suas ações? 
MK: Não sei ao certo. Mas, nas reuniões com investidores nas últimas duas semanas, nós tentamos realmente alcançar comunidades de todo o mundo, na Ásia, Europa, Médio Oriente e América do Norte. Portanto, agora teremos investidores dos quatro cantos do globo.

FNW: Lamenta não poder fazer soar o sino?
MK: Ainda precisamos de esperar três horas. A introdução acontecerá às 9h, horário de Nova York. Honestamente, eu adoraria, mas com esta pandemia e o caos decorrente, é impossível.


Loja de moda feminina da Mytheresa - Fotografia: Mytheresa - Mytheresa



FNW: Como define o DNA da Mytheresa?
MK: Uma oferta do tipo boutique que combina a eficiência e a comodidade de uma plataforma digital. Tratamos cada cliente com seriedade, mas, sendo uma boutique, não podemos ser tudo para todos. Os nossos clientes desejam uma experiência sem atrito e é isso que lhes oferecemos. Sabe, ainda temos a boutique original e é a melhor de toda a Alemanha. Acreditamos que a nossa herança é importante, por isso quando começamos na moda masculina abrimos também uma pequena loja de moda masculina em Munique.
 
FNW: O que significa o sucesso da Mytheresa, Farfetch e YNAP para o futuro dos grandes armazéns?
MK: Continuo sendo  um grande fã de grandes armazéns e acredito fortemente que os consumidores vão continuar querendo ir às lojas físicas. Talvez empresas como a nossa representem 30% do mercado, mas acredito que as lojas físicas ainda representarão 70% do negócio.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.