×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
16 de set. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Moschino cria joint venture com Altana para sua linha infantil

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
16 de set. de 2022

A Moschino assumiu o controle de suas linhas infantis. Desde que se tornou, há um ano, proprietária integral de sua marca principal, o grupo italiano de moda Aeffe multiplicou iniciativas para assumir internamente as suas principais atividades. Mais recentemente, isso traduziu-se na criação da Moschino Kids, uma joint venture formada com a sua licenciada histórica Altana Società Benefit. A casa de luxo detém a maioria, com 70%, e a Altana os restantes 30%.


Dois looks infantis da Moschino para o outono-inverno 2022/23 - Altanaspa.com


Esta especialista em vestuário júnior de alta qualidade, fundada em 1982 por Marina Salamon, que também gere a linha infantil da Philipp Plein, gere as coleções Moschino's Baby, Kids e Teen sob licença desde 2008. Como indica a marca em comunicado, a Altana “continuará a desenvolver para a Moschino Kids as atividades relacionadas com a produção, promoção e comercialização das suas coleções infantis”.
 
Este acordo, que estreia no outono-inverno 2023/24, tem “grande valor estratégico”, sublinha a Moschino, uma vez que vai permitir à marca “intervir diretamente na gestão e desenvolvimento das coleções infantis, integrando-as no melhor da atividade geral da empresa, bem como na imagem da empresa e da Moschino". A marca poderá assim dar continuidade ao "seu próprio projeto de penetração comercial e harmonização da sua imagem".

Os dois parceiros previram a possibilidade de opções de compra para ambos os lados. “Após o exercício das suas opções de compra, a participação da Moschino no capital social da Moschino Kids poderá assim diminuir para 55%, ou mesmo aumentar para a totalidade do próprio capital”, especifica a empresa.
 
Em julho de 2021, a Aeffe, que também é proprietária da Alberta Ferretti, Philosophy di Lorenzo Serafini e da marca de calçado Pollini, subiu para 100% a sua participação no capital da sua marca principal ao comprar os 30% restantes das ações, que estavam com a Sinv Holding. Desde então, a Moschino, que representa 79% das vendas totais do grupo, está no centro de uma grande reestruturação. A marca, cujo estilo é dirigido por Jeremy Scott, assumiu o controle direto da sua distribuição na China, onde abriu uma filial, e também assumiu a gestão da sua linha jovem Love Moschino, que até então havia sido desenvolvida sob licença pela Sinv. No semestre, viu o seu volume de negócios aumentar 8,1% para 139,5 milhões de euros.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.