×
Por
Agência LUSA
Publicado em
20 de jun de 2013
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Morreu o costureiro francês Jean-Louis Scherrer

Por
Agência LUSA
Publicado em
20 de jun de 2013

Paris – O costureiro francês Jean-Louis Scherrer morreu hoje em Paris, aos 78 anos, na sequência de uma doença prolongada, disse à agência France Presse um colaborador. Scherrer, que trabalhou com as casas Dior e Yves Saint-Laurent antes de criar a sua própria marca, vestiu, entre outras, Jacqueline Kennedy e as atrizes francesa Michèle Morgan, italiana Claudia Cardinale e norte-americana Raquel Welch.

Jean-Louis Scherrer. Photo AFP


O costureiro estava “há dez meses hospitalizado”, segundo Guillaume Feugeas, seu “empregado há 14 anos”, e morreu numa clínica de Paris. “Morreu na sequência de uma longa doença. O seu estado agravou-se há alguns meses”, precisou.

Nascido a 19 de fevereiro de 1935, Jean-Louis Scherrer estudou Dança no Conservatório, mas um acidente impediu-o de seguir carreira como bailarino. Em 1956, diplomado pela Câmara Sindical da costura parisiense, entrou para a casa Christian Dior, onde aprendeu a técnica da alta costura. Depois de Dior, trabalhou com Yves Saint-Laurent.

Lançou a sua própria marca em 1962 e em 1971 concretizou o sonho de abrir uma boutique na avenida Montaigne, onde estão situadas as principais casas da alta-costura parisiense.

Em 1992 vendeu a sua empresa ao grupo Seibu e foi substituído na direção artística por Erik Mortensen. A sua marca desapareceu em 2008.

Copyright © 2021 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.