×
Publicado em
19 de jun. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Morre Nevaldo Rocha, dono da Riachuelo

Publicado em
19 de jun. de 2020

Aos 91 anos, o empresário Nevaldo Rocha, dono da rede varejista Riachuelo, morreu na noite desta quarta-feira (17) em sua casa na cidade de Natal. A causa da morte ainda é desconhecida. Segundo o portal "G1" , o corpo será velado, numa cerimônia fechada para a família. O enterro será em São Paulo.


Nivaldo Rocha: o nome por trás da Riachuelo - Reprodução Instagram @riachuelo



De família humilde, o empresário, nascido no sertão de Caraúbas, no Rio Grande do Norte, construiu do zero o que se tornou um dos maiores conglomerados do varejo na América Latina. Hoje, o grupo Guararapes tem uma operação que engloba a rede varejista Riachuelo, com e-commerce e mais de 300 endereços físicos espalhados por todo o território nacional, duas fábricas, em Natal e em Fortaleza, a Midway Financeira, três centros de distribuição (CD), em Guarulhos, Natal e Manaus, um Contact Center, a Transportadora Casa Verde, o shopping Midway Mall, também no Rio Grande do Norte, e dois teatros Riachuelo, na capital potiguar e no Rio de Janeiro.

Em nota, Edmundo Lima, diretor-executivo da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex) lamentou a morte de Nevaldo Rocha, definido pela entidade como "um dos mais importantes representantes do empresariado brasileiro por seu pioneirismo, visão empreendedora e expressiva participação na formação e geração de empregos de milhares de pessoas em todo o país": "Ele deixa um extraordinário legado, especialmente em toda cadeia de valor da moda nacional. Sua vida de dedicação ao trabalho sempre foi e sempre será inspiradora para as futuras gerações como um exemplo de ética e seriedade".

Além da Abvtex, diversos políticos e entidades empresariais emitiram nota de pesar pela morte de Nevaldo Rocha, como a governadora do RN, Fátima Bezerra e os senadores Styvenson Valetim, Jean Paul Prates e Zenaide Maia.

Nevaldo Rocha era viúvo de Eliete Rocha e deixa os filhos Flávio Rocha , presidente do conselho de administração do Grupo Guararapes, Lisiane Rocha e Élvio Rocha. Em seu Instagram, Flavio prestou uma homenagem ao pai: “O dia de hoje começou com muita dor. A sensação de uma perda irreparável. Mas aos poucos a tristeza foi sendo substituída por uma sucessão de recordações maravilhosas. Cada depoimento, cada palavra de conforto, era sempre acompanhada de recordações, ensinamentos e lições de vida de profunda sabedoria. Seu Nevaldo parte, mas se imortaliza pela eloquência de seus exemplos e seus ensinamentos. Resta-nos perpetuar tudo o que aprendemos dele sob a forma de ações, realizações, harmonia, empregos e dias melhores. Esse vídeo é a despedida dos quarenta mil Missionários da Democratização da Moda, seus eternos seguidores".

 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.