Momad Metrópolis e Momad Shoes dão início a nova etapa

Sopram ventos de mudança nos pavilhões da Ifema, que vai acolher a próxima edição conjunta da Momad Metrópolis e Momad Shoes de 7 a 9 de setembro. A primeira sob a batuta de Charo Izquierdo, também responsável pela passarela Mercedes-Benz Fashion Week Madrid, que substituiu Jaime de la Figuera à frente dos eventos de moda e beleza do recinto de feiras de Madrid em abril. Um primeiro passo nesta fase de transição que, como afirmou Izquierdo numa entrevista à FashionNetwork.com, tratará de aprofundar os seus conceitos, trabalhando a moda masculina, a tecnologia e a sustentabilidade, como eixos de crescimento de ambos os eventos.

A moda sustentável será uma das protagonistas da feira madrilena - Momad Metrópolis

Com mais de 750 marcas confirmadas, os pavilhões 2, 12 e 14 do recinto de exposições de Madrid vão receber a próxima edição da Momad Metrópolis, onde serão apresentadas as novas coleções para a primavera-verão do próximo ano, bem como uma seleção dedicada ao outono-inverno 2018/19. A oferta será apresentada por categoria de produto: Moda Urban e Masculina, Casual, Contemporâneo, Festa, Banho, Espaço Metro (dedicado a empresas de alta gama), Acessórios e Tamanhos Grandes. O objetivo sublinhado por Izquierdo não é senão propor uma oferta de qualidade, que atraia compradores espanhóis e internacionais de qualidade. Uma ambição que, nesta primeira edição sob o seu mandato, estará sujeita ao desafio de partilhar datas com o evento parisiense Who's Next - Première Classe.

A moda sustentável contará com “Sustainable Experience”, um espaço de 500 metros quadrados dedicado a apresentar a 43 empresas do setor, chegadas da Austrália, Portugal, Finlândia, Holanda, México e Espanha. O número é 10% superior ao da última edição de fevereiro. Com o objetivo de reunir uma oferta global de moda sustentável, também estarão representadas as Associações de Moda Sustentável de Espanha (AMSE), Madrid (MSMAD) e Múrcia (MSM), bem como a plataforma Slow Fashion Next, o centro tecnológico Inescop e a revista especializada alemã Luxiders Magazine.

Da mesma forma, o Fórum Momad vai dedicar as atividades de sábado à sustentabilidade e à economia circular, enquanto o espaço Green-working apresentará uma exposição com desenhos de empresas de valores ecológicos, uma novidade promovida para dar resposta à necessidade das empresas sustentáveis de encontrar materiais e serviços relacionados com a produção.


Última edição de fevereiro da Momad Metrópolis - Momad Metrópolis

Por seu lado, a tecnologia e a transformação digital serão as protagonistas da área Momad 4.0, localizada no núcleo de conexão dos pavilhões 2 e 4, que apresentará soluções para os setores da moda, confecção, calçado e acessórios nas áreas de logística, big datacustomer experience, e-commerce, marketing sensorial, inteligência artificial ou mesmo realidade virtual aplicada ao retalho. No âmbito das novidades relacionadas com a edição de inverno, esta edição representará todos os atores envolvidos no processo, propondo soluções mais completas para os profissionais. Da mesma forma, sob o patrocínio da Correos, o serviço de correios espanhol, o fórum Momad dedicado à divulgação de conteúdos consagrará o seu dia de abertura a apresentações sobre digitalização, internacionalização e inovação. No mesmo âmbito de atividades paralelas, terão também lugar os desfiles de uma seleção de empresas e o Summer Terrace voltará a ser a área de lazer, música e gastronomia.

Por fim, o pavilhão 4 receberá uma nova edição da Momad Shoes, que nesta edição tem promovido um programa de compradores internacionais juntamente com o ICEX (Instituto Espanhol de Comércio Exterior) para trabalhar a qualidade e o poder de convocação. Com compradores confirmados de 40 países, dos Estados Unidos à Arábia Saudita, passando por Israel ou Panamá, a Momad Shoes apresentará a oferta de grandes marcas e emergentes espanhóis, como Pons Quintana ou Alma en Pena, bem como de marcas portuguesas como Luís Onofre ou italianas como Sandali Positano, entre outras. Aquela que, de acordo com a responsável Charo Izquierdo, "deve ser a feira representante do segundo produtor de calçado europeu", o que significa "pelo menos, ter a segunda feira mais importante da Europa", terá que esperar por este fim de semana para verificar se a transformação e o impulso foram suficientes para se aproximar de um objetivo tão ambicioso.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - CalçadosSalões de Moda
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER