ModaLisboa: 47.ª edição arranca com debate aberto ao público

Um debate de acesso livre na quinta-feira, 05, nos Paços do Concelho, marca o início da 47.ª edição da ModaLisboa, que tem epicentro no Pátio da Galé e durante a qual serão apresentadas coleções para a primavera/verão 2018.

Esta edição arranca às 18:00 de quinta-feira, com as Fast Talks, “conversas rápidas sobre moda”. No debate desta edição, “How Can Fashion Change the World?” (“Como pode a moda mudar o mundo?”), segundo a organização, irá discutir-se “o papel da moda na atualidade”.

MEAM Ricardo Preto - Primavera-Verão 2016 - Womenswear - Lisboa - Foto: Pixel Formula

A moderação fica a cargo da criativa Joana Barrios e conta com a participação de Anna Lottersberger, da escola de moda e design italiana Domus Academy, Kino Fox, gestor de comunicação e empreendedor, e Priscila Alexandre, designer de moda portuguesa, atualmente a trabalhar na Hermès.

Os desfiles começam no dia seguinte, também pelas 18:00, no Pátio da Galé, com o desfile do Sangue Novo, projeto destinado a jovens finalistas de cursos de Design de Moda ou que estejam a iniciar a sua marca.

Nesta edição participam Carolina Machado, Cátia Moreira, Daniela Ciolan, Duarte, Inês Silva, João Barriga, João Oliveira, M Hka, Micaela Sapinho, Sofiya Malichenko e Hermione Flynn, esta última uma jovem alemã convidada a participar no projeto no âmbito da parceria entre a ModaLisboa e o festival holandês FashionClash.

Um dos jovens será selecionado para representar Portugal na próxima edição da iniciativa holandesa, em Masstricht, em junho de 2017.

Ao criador da melhor coleção do Sangue Novo será atribuído um prémio que inclui um ‘workshop’ de oito semanas em Milão, Itália, oferecido pela Domus Academy, e uma bolsa de estudo de 5.000 euros atribuída pelo patrocinador oficial da ModaLisboa.

No mesmo dia serão apresentadas as propostas de Catarina Oliveira e de Morecco (ambos inseridos na plataforma LAB), no n.º 31 da Praça do Muncípio, e de Ricardo Preto (roupas para homem), no Pátio da Galé.

No sábado, os desfiles começam às 14:30, com a coleção de Nuno Gama, que será apresentada em simultâneo no Museu da Marinha e na Praça do Império. A apresentação na Praça do Império será aberta ao público e terminará com uma performance.

No mesmo dia, David Ferreira e o coletivo Awaytomars (ambos inseridos na plataforma LAB) apresentam as suas coleções no n.º 31 da Praça do Município, e Valentim Quaresma, a marca Cia Marítima, o francês Christophe Sauvat, Saymyname e Dino Alves no Pátio da Galé.

No domingo, os desfiles começam às 12:30 com a apresentação da coleção para mulher de Ricardo Preto, no n.º 5 da Rua Nova de São Mamede.

Depois, são apresentadas, no n.º 31 da Praça do Município as propostas de Olga Noronha e Patrick de Pádua (ambos inseridos na plataforma LAB), e, no Pátio da Galé, as coleções de Filipe Faísca, Ricardo Andrez, Nadir Tati, Kolovrat e Luís Carvalho.

Esta edição fica marcada por algumas ausências no calendário: Alexandra Moura, Miguel Vieira, Pedro Pedro, Nair Xavier e Carlos Gil.

Além dos desfiles, a programação inclui exposições e o Wonder Room, uma ‘pop-up store’ (loja temporária).

No n.º 31 da Praça do Município, estarão patentes entre sexta-feira e domingo “Workstation”, mostra fotográfica que irá sendo construída ao longo dos três dias pelas lentes de Anna Balecho, Carla Pires e Maria Rita; “Future Archive”, imagens captadas pelo fotógrafo Miguel Domingos que farão parte de um livro, a ser editado ainda este ano e que reúne uma seleção de retratos e séries fotográficas dos últimos dez anos em Lisboa, Paris, Nova Iorque e Londres; e “Portuguese Shoes”, uma instalação “dedicada à criatividade e ao talento nacional na área do calçado”, da responsabilidade da associação de industriais do setor, a APPICAPS.

Será também exibida uma curta-metragem de Lara Torres, “Desfazer”, “realizada no âmbito do seu doutoramento, que explora os limites da prática de moda hoje”.

As exposições, de entrada livre, podem ser visitadas entre as 15:00 e as 21:00 de sexta-feira e entre as 12:00 e as 21:30 de sábado e domingo.

No mesmo horário é possível conhecer o Wonder Room, também de entrada livre e onde vão estar mais de 20 marcas nacionais emergentes em áreas que vão desde vestuário a papelaria.

A ModaLisboa, que decorre sob o tema “Together” (“Juntos”), volta a contar com o apoio da Câmara de Lisboa, que, além da cedência de espaços, contribui com uma verba de 317.500 euros, tal como na edição anterior.

Em janeiro, o município aprovou uma nova colaboração com a Associação ModaLisboa para mais seis edições (duas em 2016, duas em 2017 e duas em 2018).

Copyright © 2019 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDesfiles
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER