×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
17 de mar. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Missoni nomeia Filippo Grazioli como diretor criativo

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
17 de mar. de 2022

Continuam as mudanças na Missoni, em plena recuperação após uma profunda reestruturação. A marca italiana especialista em malhas, que iniciou uma fase de transição desde que o Fundo Estratégico Italiano (FSI) adquiriu uma participação de 41,2% no seu capital, completa a sua reorganização com a nomeação de Filippo Grazioli como diretor artístico, enquanto Alberto Caliri, que substituiu Angela Missoni neste cargo, irá dirigir a linha de decoração.


Filippo Grazioli - DR


Formado pelo Instituto Europeu de Design (IED), Filippo Grazioli iniciou a sua carreira com um estágio na Staff International, braço de produção do grupo de moda OTB, onde conheceu Martin Margiela, com quem trabalhou até 2013.
 
Posteriormente, migrou para a Hermès, onde trabalhou nas coleções femininas sob a égide de Nadège Vanhee-Cybulski, outra designer que trabalhou na Martin Margiela. Em 2015, juntou-se à Givenchy sob a direção criativa de Riccardo Tisci, a quem mais tarde seguiu para a Burberry. Em sua nova função, o criador será responsável pela modernização das coleções e da imagem da Missoni.

Filippo Grazioli comenta: "Sinto-me honrado por ingressar no mundo da Missoni: uma marca que marcou a história do estilo italiano ao manter uma integridade notável durante quase sete décadas. Sou grato pela oportunidade que me foi dada de poder dar ainda mais forma à minha experiência com uma nova visão, mantendo alegria, frescura, sentido de cor e positividade, que são as qualidades fundamentais da Missoni."
 
Por sua vez, Alberto Caliri, que assumiu as rédeas do estilo em maio passado após a saída de Angela Missoni, de quem foi o braço direito durante vinte anos, fica encarregado da direção criativa da linha de casa, ainda pilotada por Rosita Missoni, cofundadora da Missoni. Também será responsável pela linha Missoni Sport, apoiado pelo estilista Davide Tognetti.
 
Liderada desde 2020 pelo antigo dirigente da Armani, Livio Proli, nos últimos anos, a marca Missoni reposicionou-se no segmento de alta gama e investiu fortemente no digital, principalmente na China. Encerrou a sua linha jovem M Missoni e recuperou o controle direto da Missoni Home, que era gerida sob licença, regressando ao crescimento de dois dígitos em 2021, com volume de negócios de 105 milhões de euros.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.