×
Por
Reuters
Publicado em
26 de fev. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Missoni celebra a "vida normal" na Semana da Moda de Milão

Por
Reuters
Publicado em
26 de fev. de 2021

A marca italiana Missoni deu início à Semana da Moda de Milão na quarta-feira (24). Os estilistas foram mais uma vez forçados a trocar as movimentadas passarelas por apresentações digitais devido à pandemia de COVID-19.

 


Um ano após a Itália ter registrado seu primeiro caso positivo de coronavírus ao norte do país, levando ao primeiro lockdown na Europa, os designers tiveram que encontrar novas maneiras de atrair os fashionistas com suas criações.

Conhecida por seu zigue-zague “Fiammato” e designs coloridos, a Missoni foi a primeira marca de moda a apresentar o vídeo de sua mais recente coleção de moda feminina, misturando roupas para outono/ inverno com as de primavera/ verão.

Gravado no início de fevereiro no Assago Forum de Milão, um local que está fechado há meses, as modelos reproduziram encontros sociais, dede jogos de boliche à conversas com amigos. Elas usavam tricôs brilhantes, terninhos largos, vestidos longos com nervuras e roupas casuais em uma variedade de cores. Algumas vestiram chapéus, cachecóis e jaquetas, enquanto outras usavam trajes de banho no vídeo. O vídeo foi filmado como uma tomada contínua.

Havia tops cropped, shorts e roupas de festa brilhantes também, no que a grife italiana descreveu como “uma celebração do retorno a uma vida social normal”. “Com este projeto, eu queria resumir um ano de trabalho na duração de uma música, criando um conteúdo emocional, mas também acessível a partir de diferentes dispositivos digitais”, disse a diretora de criação  da marca, Angela Missoni, em um comunicado.

“Misturei e combinei peças de diferentes temporadas para destacar o conceito de guarda-roupa, já que a Missoni oferece peças pensadas para durar, acompanhando cada mulher de sua vida e fazendo parte de suas memórias”, completou.

Foi durante a Semana da Moda de Milão em fevereiro do ano passado que a cidade de Codogno, a cerca de uma hora de carro de Milão, foi fechada quando o vírus se espalhou na região da Lombardia, que se tornou a mais atingida na Itália. Em seguida, o veterano Giorgio Armani realizou seu desfile de portas fechadas em um teatro vazio.

Esta temporada da Semana da Moda de Milão termina no dia 1º de março, com marcas como Armani, Prada, Valentino e Dolce & Gabbana compartilhando os vídeos de suas coleções em uma plataforma digital. 

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.