×
Publicado em
22 de set. de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Missão da indústria brasileira de máquinas para calçados segue na Colômbia

Publicado em
22 de set. de 2015

Através do projeto Brazilian Shoes + Leather Machinery, uma parceria da Abrameq (Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas para Couros e Calçados) com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), fabricantes brasileiros de máquinas para calçados estão realizando missão comercial nos quatro principais polos produtores colombianos.


Já ocorreram as etapas de Bucaramanga e Medellín. Na segunda-feira (21) a ação foi desenvolvida em Cali e quarta-feira (24) vai para Bogotá. O evento contempla apresentação de palestras, rodadas de negócios e agendas de negociação individual para as empresas participantes.
 
Encerrou-se no dia 18 a segunda etapa, realizada em Medellín. A rodada de negócios contou com a presença de 40 empresas e 80 empresários, que participaram das agendas de negociação e da conferência ministrada pelo consultor Arley Vaz, que apresenta os processos utilizados pela indústria calçadista brasileira, destacando as máquinas brasileiras de forma a ressaltar os diferenciais competitivos de otimização de mão de obra e melhor relação custo-benefício.

"O Brasil produz equipamentos de boa tecnologia, com preços melhores se comparados aos italianos, e a qualidade das máquinas justifica o valor", comentou o empresário Edwin Traslaviña, da empresa Bosi, uma das maiores empresas calçadistas de Medellín. No dia seguinte as empresas realizaram suas agendas individuais de negócios.

A consultora do projeto, Rosângela Arruda, participou de agendas com meios de comunicação, buscando divulgar os eventos seguintes e ressaltar os diferenciais da indústria brasileira, além de participar de agendas com representantes do governo de Medellín, buscando estreitar a relação entre o governo e fabricantes de equipamentos para efluentes.
 
Quarta maior economia da América Latina, a Colômbia é apontada por estudos da Apex-Brasil como país de grande potencial para os brasileiros, principalmente na área da moda.

As exportações dos fabricantes brasileiros de máquinas para couro e calçados confirmam esta potencialidade. A Colômbia era o sétimo maior cliente das empresas participantes do projeto em 2010 e hoje é o terceiro maior comprador de tecnologia do Brasil, atrás apenas de México e Argentina.

Fonte: Portal Apex-Brasil

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.