×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de abr. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Minerva Hub: o novo centro de produção de luxo da Itália

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de abr. de 2022

Enquanto os gigantes do luxo continuam a comprar os fabricantes e laboratórios mais avançados da Itália e à medida que se multiplicam as agregações em torno das PMEs altamente especializadas do setor, surge um novo centro de excelência made in Italy. Batizado de Minerva Hub, este player investiu cerca de 100 milhões de euros em um projeto centrado no acabamento e na produção de materiais sofisticados destinados a produtos de alta qualidade. Reunindo seis empresas artesanais de alto nível e cerca de dez unidades de produção, o centro emprega 434 pessoas e tem um volume de negócios de 101 milhões de euros.


Franco Prestigiacomo (Xenon), Matteo Marzotto (Ambria Holding) e Gianfranco Piras (XPP Seven) - DR

 
A empresa foi criada em março de 2022, fruto da fusão entre dois fundos de investimento italianos. De um lado, a Xenon, através da sua holding XPP Seven, que integra quatro empresas desde 2019 e detém 51% das ações, e do outro a Ambria Holding, nascida da aquisição de dois especialistas na produção de materiais de luxo e presidida por Matteo Marzotto. Herdeiro da famosa dinastia têxtil italiana, Marzotto tem 30 anos de experiência em luxo. Ele participou notavelmente no renascimento de Valentino, Madeleine Vionnet e Dondup. Sua holding Ambria controla 22% do capital do Minerva Hub. As ações restantes são detidas pelos titulares e administradores das empresas que aderiram ao grupo.

“Trata-se de uma fusão por meio de uma troca de ações. Todas as empresas foram 100% compradas e devolveram parte do dinheiro ao Minerva Hub. Como fundo, estamos atuando como um catalisador, facilitando relações e criando sinergias entre nossas diferentes empresas. Também as apoiamos com uma estrutura, onde serão mais fortes e integradas, que será um interlocutor único, mais sólido e importante para os seus clientes", explicou durante uma coletiva de imprensa Franco Prestigiacomo, cofundador e administrador do fundo de investimento Xenon.

"Os nossos clientes são a maioria grandes marcas de luxo, sobretudo francesas. Muitas já contam com várias de nossas empresas como fornecedoras. Em vez de lidarem com seis pessoas diferentes, terão agora de lidar com um único interlocutor. Vamos poder apresenta-las às nossas diferentes especialidades, oferecendo-lhes uma solução integrada através de uma parceria maior. Da mesma forma, estamos trabalhando em projetos industriais conjuntos entre diferentes de nossas empresas para diversificar a oferta", acrescenta o gestor.
 
"Queremos agregar realidades muito sofisticadas, mantendo o foco em acabamentos especializados. Temos outras três potenciais aquisições em vista, que visam fortalecer verticalmente nossos seis setores", revela Matteo Marzotto, nomeado presidente do Minerva Hub. A nova entidade, sediada em Milão, será gerida por alguém próximo do empresário, Marco Casoni, como diretor geral (CEO), que já ocupou este cargo na Dondup, enquanto Angelo Ramponi será o diretor financeiro (CFO) , papel que desempenhou na XPP Seven.

As quatro empresas adquiridas pela XPP Seven atuam em diferentes setores de nicho: Quake, na região do Veneto, em bordados e aplicações industriais; Koverlux, localizada em Bergamo, Lombardia, no acabamento (pintura, lazer, etc.) de superfícies de acessórios de moda; SP Plast, de Marche, na transformação de materiais plásticos; Zuma, na Toscana, perto de Pisa, um curtume especializado em peles preciosas. As empresas aportadas como dote pela Ambria Holding estão ligadas à produção de cadeias metálicas e ambas ficam na Toscana, em Arezzo: Zeta Catene e Galvanica Formelli.

Outros pólos semelhantes surgiram na Itália nos últimos anos. Em 2020, os fundos VAM Investments, Fondo Italiano d'Investimento e Italmobiliare deram origem ao Gruppo Florence, que reúnem hoje sete "excelências" do made in Italy. Da mesma forma, o grupo de Turim Holding Industriale (Hind), através da sua subsidiária Holding Moda, integrou sete fabricantes italianos especializados em malhas, marroquinaria, calçado e vestuário, enquanto a High Italian Manufacturing co., (Him Co) reúne vários outros fabricantes e pequenas marcas do segmento de luxo e criadores em Milão.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.