×
Por
Reuters
Publicado em
8 de nov. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Michelle Gass é nomeada presidente da Levi Strauss & Co

Por
Reuters
Publicado em
8 de nov. de 2022

A Levi Strauss & Co. nomeou na terça-feira (8) a atual CEO da Kohl's Corp, Michelle Gass, como a próxima CEO da fabricante de jeans, sucedendo o líder de longa data, Chip Bergh.


Michelle Gass - DR


A saída de Gass da cadeia de lojas de departamentos em dificuldades ocorre em um momento em que grupos de investidores ativistas estão pressionando por mudanças na administração e no conselho, incluindo uma mudança de CEO.
 
Os fundos de hedge, Macellum Advisors e Ancora Holdings, lideraram uma nova rodada de descontentamento dos acionistas da Kohl's após a empresa ter avaliado uma venda e ter posteriormente decidido em julho permanecer independente, o que derrubou as ações e decepcionou os investidores, que esperavam um acordo.

Embora a Levi's não enfrente a mesma pressão de ativistas que a Kohl's, seus lucros foram atingidos pelo enfraquecimento da demanda e Gass terá que tirar a empresa de um ambiente inflacionário que provocou uma queda no gastos.
 
"Embora seja verdade que Gass tenha presidido o declínio dos últimos anos, ele também foi responsável por orientar a Kohl's no difícil período da pandemia e iniciar melhorias no sortimento, na multicanalidade e no desenvolvimento do formato de lojas", disse. disse Neil Saunders, diretor administrativo da empresa de pesquisa GlobalData.
 
Gass deixará a Kohl's em dezembro para se tornar presidente da Levi's no início do próximo ano, assumindo o cargo de CEO nos próximos 18 meses. Como parte do plano de sucessão da Levi's, Gass se reportará inicialmente a Bergh, que liderou a Levi's nos últimos 11 anos e esteve envolvido no retorno da empresa aos mercados públicos em 2019.
 
A Kohl's disse que Tom Kingsbury, um diretor indicado por Macellum e Ancora no ano passado, atuará como CEO interino a partir de 2 de dezembro. "Tom é altamente considerado e perfeitamente equipado para assumir o papel de CEO interino, e o conselho espera trabalhar em estreita colaboração com ele e a equipe para facilitar um processo de transição suave e continuar a conduzir a estratégia da Kohl's", disse Peter Boneparth, presidente do conselho.
 
Kohl's prevê lucro no terceiro trimestre de 82 centavos por ação, em comparação com as estimativas de analistas de 64 centavos, segundo dados do Refintiv IBES. As ações da rede de lojas de departamentos subiram 6,5%.

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.