×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de out. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Michael Kors entra na moda infantil com CWF

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de out. de 2021

A marca de moda americana Michael Kors está lançando uma linha infantil com a empresa francesa Children Worldwide Fashion (CWF), apurou o site FashionNetwork.com junto a fontes da indústria. A especialista em moda infantil, cujo portfólio inclui licenças Lanvin e a sua própria marca Billieblush, assinou um acordo de licenciamento global com a Michael Kors para criar uma linha infantil.


Montra de uma boutique Michael Kors - DR


Esta não é a primeira vez que a Michael Kors, propriedade do grupo de luxo americano Capri Holding (Versace, Jimmy Choo), mergulha no mundo das crianças, uma vez que apresentou uma linha de sapatos para os mais novos concebida sob licença com a American Synclaire Brands.

A chegada da Michael Kors à moda infantil faz parte de uma estratégia global da Capri, que visa um volume de negócios de cerca de 5,1 bilhões de dólares (4,2 bilhões de euros) para o seu exercício financeiro de 2022. De fato, o grupo americano, que em agosto do ano passado nomeou Joshua Schulman como CEO da Michael Kors, pretende capitalizar o dinamismo das marcas de luxo. O reforço da estratégia omnichannel e de comércio eletrônico, mas também a expansão da sua oferta de produtos. Assim, se para a Versace e Jimmy Choo a ênfase deve ser colocada nos acessórios e em particular nos sapatos, o desenvolvimento de uma oferta masculina foi mencionado em setembro passado para a Michael Kors. E, com as crianças, a marca premium  irá abranger todos os segmentos de mercado.

Por outro lado, ao assinar uma licença internacional com a Michael Kors, a CWF está mais uma vez reforçando as suas colaborações com o universo do luxo. Em novembro de 2020, a especialista em vestuário infantil – propriedade das estruturas de investimento Arkéa, RAISE Investissement e Dzeta – assumiu as licenças para crianças Paul Smith e Kenzo do grupo Kidiliz, que foram desmanteladas após a sua liquidação judicial. A Michael Kors junta-se a uma carteira de marcas licenciadas que inclui Chloé, Marc Jacobs e Givenchy. A CWF, que tem a sua própria loja Kids Around multimarcas, prevê vendas anuais de 260 milhões de euros em 2021, em comparação com 210 milhões de euros em 2020.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.