×
Publicado em
20 de set. de 2022
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

México reduz compra de couro e peles de origem brasileira

Publicado em
20 de set. de 2022

Ainda posicionado como um dos principais mercados para a indústria brasileira de couros e peles, o México desacelerou suas importações do país durante o exercício de 2022, com reduções em todos os indicadores, segundo o último relatório do Centro de Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB).


Web Ashraffashionleather


O México comprou pouco mais de 30 milhões de dólares entre janeiro e agosto deste ano, um valor 9,8% abaixo dos primeiros 8 meses de 2021, que ultrapassou os 33,3 milhões de dólares.

Na análise por área, a queda foi de dois dígitos. Especificamente, o México importou 1,8 milhão de metros quadrados de couro e pele brasileira, diminuindo 12,7% em sua comparação com os registros do mesmo período de 8 meses do ano anterior.

Por fim, na análise de peso, a retração foi de 6%, passando de 1.864.644 quilos, para 1.753.406 quilos, entre janeiro e agosto de 2021 e 2022.

A queda em todas as frentes não diminuiu a posição do México como um dos principais destinos mundiais do couro brasileiro, superado apenas por China, Estados Unidos, Itália, Vietnã, Alemanha e Tailândia, nessa ordem.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.