×
140
Fashion Jobs
CAMICADO
Product Owner - E-Commerce - Aplicativo App Mobile - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Analista de Business Intelligence bi - Tecnologia - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Product Owner - Operações de E-Commerce - Site/ App - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Product Owner - E-Commerce - Site - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Product Owner - E-Commerce - Omnichannel - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Analista de CRM
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Coordenador de Trade Marketing
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
AMARO
Compliance Analyst
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
CHILLI BEANS
Vendedor/Consultor Optico
Efetivo - CLT · Taboão da Serra
CHILLI BEANS
Vendedor de Loja Chilli Beans sp Market Quiosque
Efetivo - CLT · São Paulo
CHILLI BEANS
Chilli Beans Londrina
Efetivo - CLT · Londrina
CHILLI BEANS
Vendedor de Loja
Efetivo - CLT · São Paulo
CHILLI BEANS
Vendedor
Efetivo - CLT · Porto Alegre
CHILLI BEANS
Gerente Loja/Quiosque Shopping - Foz do Iguaçu
Efetivo - CLT · Foz do Iguaçu
CHILLI BEANS
Gerente de Vendas
Efetivo - CLT · Vitória
CHILLI BEANS
Vendedor
Efetivo - CLT · Porto Alegre

Mercado francês foi tema de workshop

Por
Exclusivo
Publicado em
18 de mai de 2011
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Dando prosseguimento a um trabalho de aproximação entre os calçadistas brasileiros e o mercado francês, na tarde da terça-feira (17 de maio), na sede da Abicalçados (Novo Hamburgo/RS), Christophe Fenwick, diretor do Shoe Room, um conceituado showroom parisiense, mostrou como a indústria nacional pode incrementar as exportações para o país europeu.

Com 25 anos de experiência comercial na Itália, França e Espanha, Fenwik observa que a indústria brasileira deve aproveitar oportunidades, como se associar a algum designer famoso e ter preços competitivos em um mercado marcado pelo luxo.

Entre os maiores obstáculos para exportar para aquele país, ele cita a necessidade de entender os desejos e preferências desse consumidor exigente e acostumado a grandes marcas, os custos de transporte e impostos, a complexidade dos despachos alfandegários e encontrar parceiros diretos para os negócios, são outros fatores a serem observados.

O especialista aponta que a França é um dos maiores mercados da Europa, estando em segundo lugar, logo abaixo da Alemanha. A União Europeia, formada por 27 países, soma 500 milhões de habitantes. A Alemanha (16%), França (12,6%), Reino Unido (12%), Itália (12%) e a Espanha (9%) são os cinco maiores mercados, que correspondem a 60% da região.

Fenwik observa que a França já é o terceiro maior importador dos sapatos brasileiros na Europa, sendo o 'Made in Brazil' um selo reconhecido pelo bom estilo, qualidade e preço competitivo. Como vantagens competitivas, ele aponta o fato de que as coleções estão um mês a frente de coleções européias e as afinidades culturais entre a França e o Brasil. Ele ressalta que é importante para o calçado brasileiro realizar ações de mercado para ganhar competitividade frente a Ásia e a Itália.

IMPORTAÇÃO - A França é um país que depende das importações. Em 2009, segundo dados do palestrante, foram importados 400 milhões de pares. Seus principais fornecedores de calçados são a China (230 milhões de pares em 2009), a Itália, o Vietnã, Portugal e Espanha. Ocupando a terceira posição de maior importador de sapatos brasileiros na Europa (depois do Reino Unido e da Itália), foram enviados para lá 2,6 milhões de pares (59 milhões$) em 2010, 16 % mais que em 2009.

O país europeu conta com um grande mercado consumidor e grandes redes de lojas, desde super e hypermercados, como a rede Carrefour, varejo especializado em sportswear, lojas de departamentos e multimarcas.

Fenwik destaca ainda que Paris, conhecida como a "capital mundial da moda", está exportando artigos de luxo para novos mercados emergentes, como a China, a Rússia e também para a América do Sul. “Paris, junto com a Nova Iorque e Tóquio, é uma cidade importante para se dar visibilidade de moda. O consumidor francês, devido a incertezas econômicas e mundiais, reduziu seus orçamentos e gastos passando a valorizar mais o preço”, observa.

Ele enfatiza que esse é um momento oportuno para o Brasil investir mais nesse mercado. “A moda e o estilo ainda são muito importantes para as mulheres francesas. Elas são sofisticadas e amam sapatos de saltos altos, além de gostarem de jogar com as novas tendências e renovar os seus guarda-roupas”, conclui.

Copyright © 2020 Exclusivo On Line. Todos os diretos Reservados.