×
Por
UseFashion
Publicado em
2 de nov. de 2014
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Marcas que desfilam no SPFW divulgam suas inspirações

Por
UseFashion
Publicado em
2 de nov. de 2014

Os desfiles da temporada inverno 2015 do São Paulo Fashion Week iniciam-se nesta segunda-feira (3) e seguem até 7 de novembro. Algumas marcas que participam do evento revelaram suas inspirações, croquis e moodboards. Confira uma prévia do que vai ser mostrado nas passarelas:

Na sua estreia no SPFW, Victor Dzenk olha para o universo equestre, tendo como protagonista o majestoso cavalo da raça Mangalarga Marchador. O clima dos campos e dos haras surge nas peças que vestem a mulher urbana e sofisticada. Peças com franjas – sempre artesanais e de seda – saias longas e mídis, ponchos, quimonos, calças e camisaria compõem a coleção.

Victor Dzenk


Destaque da coleção, o plissé soleil reina em vestidos e saias, seja no couro, seja no chiffon encerado. O jacquard em tricô também merece atenção pela composição artística. Marca registrada de Victor Dzenk, a estamparia traz o sol do campo e a textura da pelagem equina malhada.

Valdemar Iódice ressalta a África como inspiração. O tema da coleção são os rituais de sedução da tribo Wodaabe, na qual os homens se vestem e dançam para conquistar a mulher. A estilista da Acquastudio, Esther Bauman, definiu o neobarroco como palavra-chave do seu desfile de inverno 2015.

Valdemar Iódice | Acquastudio | Ronaldo Fraga | Wagner Kallieno


Ronaldo Fraga apresenta a coleção intitulada Cidade Sonâmbula, com inspiração na verticalização desenfreada das cidades brasileiras. Wagner Kallieno, que desfila sua coleção no última dia, traz como ponto de partida a geometria versus a assimetria.

A Triton divulgou alguns moodboards e croquis das coleções feminina e masculina. A linha voltada ao público feminino, assinada pela estilista Karen Fuke, é inspirada no deserto que aparece nas misturas de tecidos, nas formas, recortes e cores. O mix de uniformes com as estéticas biker, motocross e army com misturas aleatórias de materiais, são as apostas para a estação.

Triton


Já a coleção masculina, do estilista Igor de Barros, é composta por jeans, sarja estampada, lã caxemira, náilon resinado e metalizado e telas estruturadas. Preto, branco, royal, laranja e militar são as cores da coleção que nas peças aparecem de maneira gráfica e nunca monocromática.

A Oh,Boy! se inspirou na viagem da borboleta-monarca, que ao se aproximar do outono, começa uma jornada rumo ao sul, com um movimento que pode durar até nove meses. Os anos 1970, marcados pela atitudepaz e amor ditam o mood da coleção, que traz os elementos da década nas cores e shapes para a temporada, tendo como referência a imagem e os uniformes militares dos Beatles em “Yellow Submarine”.

Oh,Boy! | Têca


O jeans aparece sem lavagens e com detalhes especiais como os pespontos em ocre, aliado ao chamois, veludo, tela e georgette. As modelagens são fluídas e trazem a tona, através do evasê e das cinturas altas e marcadas, a estética setentinha e o sentido de liberdade que envolve o tema da coleção. Os acessórios ganham força através das bolsas em patchwork de couro, texturas e franjas. A marca Têca tem como tema floresta medieval.

Fotos: Flavia Canavarro (croqui da marca Ronaldo Fraga)/Divulgação

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.