×

Marcas de moda fazem doações para combater incêndios florestais na Austrália

Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 9 de jan de 2020
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Marcas de moda estão se mobilizando para ajudar a Austrália diante da onda de incêndios que vem devastando o país há três meses.

Aqueo Import and Distribution, importador e distribuidor oficial da marca de chinelos Havaianas na Austrália, prometeu doar o dinheiro arrecadado com todas as suas vendas online realizadas entre os dias 8 e 10 de janeiro. - Havaianas


A PVH Corp, controladora de marcas como Calvin Klein e Tommy Hilfiger, prometeu fazer uma doação de 100 mil dólares ao fundo de resposta e recuperação de desastres da Cruz Vermelha Australiana, com o objetivo de apoiar especificamente os esforços de resgate e socorro, recuperação e reconstrução a longo prazo. Os clientes das lojas Calvin Klein, Hilfiger e Van Heusen na Austrália também podem contribuir para o fundo sem precisar fazer compras.

"Estamos devastados pelos trágicos incêndios florestais que afetam pessoas, comunidades e a vida selvagem de nosso belo país", disse Michael Gazal, presidente da PVH Austrália, em comunicado. "Nossos pensamentos estão com todos os afetados por esse desastre. Agradecemos aos corajosos bombeiros, voluntários e equipes de emergência que estão dedicando seu tempo e recursos aos esforços de recuperação", acrescentou.

A empresa esportiva e de lifestyle, Boardriders Inc., que é responsável pelo design, produção e distribuição de produtos de marcas icônicas como Billabong, Roxy e Quiksilver, anunciou um plano para colaborar com a ajuda de emergência que inclui a doação de 100% dos lucros da vendas online de várias marcas na Austrália, incluindo as mencionadas, feitas durante o fim de semana de 11 e 12 de janeiro. Além disso, os funcionários da Boardriders no país irão receber dois dias de folga pagos por mês para trabalhar como voluntários nas comunidades afetadas enquanto durar a crise.

A marca australiana de moda de luxo Zimmermann também doou 20% do lucro das vendas internacionais feitas no dia 5 de janeiro em lojas físicas e online para a Cruz Vermelha para apoiar os esforços de emergência da organização. "Nossos pensamentos estão com todos os afetados pelos incêndios florestais que devastaram grande parte da Austrália", escreveu a marca no Instagram.

A marca de culto à ioga Lululemon doou 50 mil dólares ao fundo de resposta e recuperação de desastres da Cruz Vermelha, enquanto Aqueo Import and Distribution, importador e distribuidor oficial da marca brasileira Havaianas na Austrália, prometeu doar o dinheiro arrecadado com todas as vendas online realizadas entre 8 e 10 de janeiro.

As doações serão destinadas à Cruz Vermelha Australiana, Exército de Salvação da Austrália e WWF Austrália, de acordo com o dia. No dia 9 de janeiro, a marca de moda praia Seafolly Australia também doará 100% de seus lucros obtidos em lojas físicas e online, à Cruz Vermelha Australiana.

Copyright © 2020 AFP-Relaxnews. All rights reserved.