×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
19 de jan de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Mango reorganiza suas linhas e descontinua Violeta

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
19 de jan de 2021

A Mango continua a aperfeiçoar a sua oferta. A empresa catalã dá uma mudança de rumo à estratégia da Violeta, a linha especializada em tamanhos grandes que lançou em 2013. A partir de agosto, as coleções da submarca começarão a fazer parte da oferta da divisão Mango Woman e as lojas Violeta irão desaparecer aos poucos. 


A Mango integrará a Violeta na Mango Woman - Mango


Em março do ano passado, pouco antes da pandemia estourar em toda a Europa, Toni Ruiz, CEO da Mango, conversou com o site FashionNetwork.com sobre a estratégia de negócio de cada um dos formatos da cadeia. “Women representa 82% das vendas, enquanto os 18% restantes correspondem a outras linhas (Man, Kids e Violeta), comentou na época o executivo sobre a submarca de tamanhos grandes, acrescentando: “O nosso compromisso tem sido rejuvenescer muito a Violeta, que está funcionando muito bem online, e focá-la no mercado nacional." Agora, a linha, cuja diretora e promotora, Violeta Andic, deixou a empresa em 2019, ganha um rumo diferente ao integrar a oferta dedicada à mulher sem uma linha especial.
 
“O principal motivo da integração da Violeta by Mango na coleção Woman é fazer crescer esse segmento curvy”, explicou a empresa a respeito da reorganização das suas linhas. “Acreditamos que sob o conceito da Mango será mais fácil crescermos num segmento que está crescendo; consequência disso é que, além disso, as nossas coleções terão um preço mais competitivo, sendo um grande benefício para as clientes”, indicou a marca sobre as vantagens que pretende alcançar com esta decisão estratégica. 

Assim, a partir de agosto, e considerando a coleção outono-inverno deste ano, a Mango começará a incluir peças de tamanhos grandes até ao 52. Uma transição gradual ao longo dos próximos meses que será concluída em fevereiro de 2022, quando toda a coleção estará unificada sob o conceito Mango Woman. Da mesma forma, as 70 lojas que a Violeta tinha até agora na Espanha, Rússia e França serão absorvidas pelos três conceitos com os quais a empresa catalã irá trabalhar: Woman, Man e Kids. O futuro da série de corners com os quais a Violeta é atualmente comercializada no El Corte Inglés ainda está em negociação. Da mesma forma, a Mango pretende realocar os 180 trabalhadores da Violeta, entre equipe de lojas e escritórios centrais.
 
Nos últimos meses, a empresa de moda presidida por Isak Andic acelerou o ritmo da definição da sua oferta. Há apenas alguns dias, a marca anunciou a sua entrada no segmento de decoração, após ter entrado no activewear em outubro do ano passado. No horizonte de todas estas iniciativas da empresa, que registrou um volume de negócios recorde de 2374 milhões de euros em 2019, está o e-commerce, através do qual espera atingir este ano vendas superiores a 1 bilhão de euros.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.