Mango promove Toni Ruiz ao cargo de diretor-geral

Mudanças na direção da Mango. A empresa de moda catalã anunciou a nomeação de Toni Ruiz como diretor-geral. O executivo, responsável por liderar a multinacional, já faz parte do conselho de administração e ocupava o cargo de diretor financeiro desde 2015.


Toni Ruiz,o novo diretor-geral da Mango - Mango

O reforço da estrutura diretiva acontece com o objetivo de melhorar os resultados da empresa e trabalhar na sua transformação digital, bem como na "adaptação da organização aos novos desafios do setor". Da mesma forma, a evolução de Toni Ruiz dentro da Mango implicará a reintrodução do cargo de diretor-geral no seu organograma, uma posição eliminada em 2015 após a saída de Enric Casi.
 
Licenciado em Economia pela Universidade de Barcelona e mestre em economia e gestão de empresas pela IESE, Toni Ruiz foi diretor financeiro da Mango desde 2015, após ter desenvolvido a sua carreira na Leroy Merlin, do grupo Adeo, à frente da direção financeira na Espanha e como responsável pelo controlo e planeamento a nível mundial. Como diretor-geral da empresa de moda catalã, reportará apenas ao presidente e fundador Isak Andic.
 
Por seu lado, Daniel López e Jonathan Andic mantêm as suas responsabilidades como presidentes executivos. O conselho de administração, presidido por Isak Andic, conta ainda com Carlos Costa, diretor de operações e estratégia.

Nascida em Barcelona em 1984, atualmente a Mango está presente em mais de 110 países através de uma rede comercial de 2.190 pontos de venda e uma área total superior a 800 mil metros quadrados. Em 2017, a empresa faturou 2.194 milhões de euros, o que representou uma queda de 2,9%. Com perdas de 33 milhões, menos 45%, a empresa encerrou o seu segundo exercício no vermelho. O desafio de Toni Ruiz como novo responsável máximo está mais do que definido.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNomeações
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER