×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de fev de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Maison Margiela leva bombeiros com ares celta à passarela

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de fev de 2018

Devemos reconhecer o talento de John Galliano, cuja imaginação selvagem nunca se deixa domesticar. A sua coleção de prêt-à-porter recentemente apresentada para a Maison Margiela retomou a idéia-chave de seu último desfile de alta-costura para a marca, apresentado em janeiro passado, que usou efeitos holográficos para criar um grande impacto. Mas, enquanto os looks de alta-costura precisavam de uma luz especial para serem apreciados, os looks metálicos tinham uma profundidade tridimensional a plena luz do dia.


Photo: Maison Margiela


Galliano deu a essas idéias formas monstruosas, de grandes jaquetas de bombeiros a gigantes parkas, finalizando as peças de poliuretano com franjas western e tiras de tule. Ele também transformou um trench coat no esqueleto de uma jaqueta perfecto em couro e efeito sadomasoquista. O designer britânico sempre será um pouco perverso.

A mudança de John para o 11º arrondissement da capital francesa, onde a sede da Margiela está localizada continua moldando sua atração pelo street style. Por essa razão, as modelos usaram sneakers brancos ou prata holográficos, que lembravam os clássicos da Reebok, com um fechamento de calçado de montanha. O modelo destaque foi nomeado de forma muito acertada de "Security Margiela Sneaker" ("sapato de segurança Margiela").

Havia também no desfile um ar celta que foi visto nos casacos de tweed inglês transformados em mangas tricotadas em ponto Aran e suéteres irlandeses cortados e usados como lenços enormes.
 
Como sempre, desde que chegou à Margiela, Galliano não saiu para saudar o público após o desfile, respeitando a tradição de Martin Margiela, o fundador secreto da maison. O que é uma pena, pois sentimos falta das famosas entradas de John cruzando a passarela, vestido como um general napoleônico perturbado.
  
Podemos apenas imaginar qual seria o traje que ele teria usado após este desfile. Que tal uma mistura de Steve McQueen em "Inferno na Torre" e Clint Eastwood em “Escalado para Morrer"?
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.