Maison Margiela desfila sua coleção Travel Victim em Paris

Não há nada como viajar em primeira classe. Principalmente a usar a mais recente coleção da Maison Margiela, da qual metade dos looks traziam referências a voos caros e passageiros paparicados.


Maison Margiela - Photo: PixelFormula

O trench coat bege que abriu o desfile tinha uma etiqueta amarela, na qual se lia “Prioridade”; um vestido vermelho plissado tinha um adesivo “Crew Bag” (Bagagem de Tripulação) e uma elegante bolsa de couro estava decorada com um aviso “Rush” (Urgente) vermelho. Afeiçoando-se ao tema de viagem, as modelos pareciam capazes de tirar uma soneca encostadas nas bolsas de couro acolchoadas.
 
O destaque foi para uma charmosa saia plissada, feita de múltiplas etiquetas de bagagem, embora os melhores looks fossem os mais simples, como o sobretudo em couro bege de oito botões, que favoreceria praticamente qualquer mulher. Tudo montado com a semi-desconstrução típica do estilista John Galliano – de botas de cowboy recortadas, finalizadas com correntes diamantadas, a um maravilhoso duo final de trench coat e caban, finalizado com mini painéis de vidro. Tão recortado que era possível ver claramente a roupa interior da modelo.
 
É difícil saber o que Galliano achou das roupas, visto que o seu backstage estava novamente fechado. No entanto, eis o que nós achamos. Esta foi uma exibição perfeitamente competente por parte de um estilista imensamente talentoso, cujo foco principal estes dias parece estar na coleção couture da marca, a Maison Margiela Artisanal, um verdadeiro laboratório de moda e um desfile absolutamente imperdível, enquanto esta coleção de prêt-à-porter, embora inteligente, pareceu uma entrada num bom restaurante, que deixa o comensal ansioso por algo mais substancial.
 

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosDesfiles
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER