×
143
Fashion Jobs
MARISOL
Comprador jr
Efetivo - CLT · Jaraguá do Sul
YOUCOM
Analista de SEO (Redação) | Youcom
Efetivo - CLT · Porto Alegre
AMARO
Growth Analyst (Influencer Marketing)
Efetivo - CLT · São Paulo
AMARO
CRM Analyst
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
AMARO
Compliance Analyst
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
MARISOL
Representante Comercial - Jaraguá do Sul
Efetivo - CLT · Jaraguá do Sul
MARISOL
Representante Comercial - Pelotas
Efetivo - CLT · Pelotas
MARISOL
Vendedor (a) - Campinas
Efetivo - CLT · Campinas
MARISOL
Vendedor (a) - Porto Alegre
Efetivo - CLT · Porto Alegre
CAROL CAMPANA
Vendedora de Moda
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
L'OREAL GROUP
Coordenador (a) Atendimento ao Consumidor
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
MARISOL
Representante Comercial - Florianópolis
Efetivo - CLT · Florianópolis
YOUCOM
Consultor de Vendas (Iguatemi Porto Alegre) - Youcom
Efetivo - CLT · Porto Alegre
AMARO
IT Support Analyst
Efetivo - CLT · São Paulo
MARISOL
Assistente Administrativo ii - Recursos Humanos (Varejo)
Efetivo - CLT · Jaraguá do Sul
YOUCOM
Consultor de Vendas | Youcom
Efetivo - CLT · Joinville
ABCM
Jornalista / Assessor de Imprensa
Free-lance ·
MARISOL
Vendedor (a) - Aracaju
Efetivo - CLT · Aracaju
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
14 de out de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Mais de dois terços da indústria têxtil global reduziram sua produção por causa do coronavírus

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
14 de out de 2020

O último estudo da International Textile Manufacturers Federation (ITMF) revelou que mais de dois terços das empresas pesquisadas reduziram sua produção durante a crise de saúde. Muitas delas esperam voltar à normalidade em 2022 ou 2023.


ITMF


O estudo foi realizado durante o mês de setembro com 216 empresas. Reunindo as federações da Ásia (China, Japão, Coréia do Sul, Vietnã), Europa (Alemanha, Espanha, Portugal ...), África e América, a ITMF indica que apenas 21% das organizações conseguiram manter seus níveis de produção desde o início do ano, e 9% aumentaram seus níveis, apesar do contexto difícil.

Por outro lado, 23% relataram queda de mais de 30% na produção; 19% sofreram baixas entre 20% e 30%; e 17% sofreram reduções entre 10 e 20%. Apenas 10% das organizações pesquisadas pela confederação internacional teriam conseguido limitar a queda em seus níveis de produção em 2-10%.


ITMF


Em termos de linhas de negócio, os setores de estamparia e acabamento foram os que mais sofreram, com queda de 30% na atividade em relação a 2019. As tecelagens sofreram queda de 23%, e os fabricantes de fibras de 22%. Teares (-17%), designers (-16%) e fabricantes integrados (-15%) foram menos afetados.

Ainda segundo o relatório, 21% das empresas acreditam que precisam melhorar suas capacidades digitais; 18% acreditam que no futuro será importante reduzir a dependência de um pequeno número de clientes; 17% consideram a expansão da oferta de produtos e o fortalecimento do balanço patrimonial fundamental; 15% acreditam que é preciso mudar a oferta de produtos; e 10% acreditam que é importante diminuir a dependência de alguns fornecedores.


Shutterstock


Quanto à reativação, 21% das empresas avaliadas acreditam que conseguirão voltar aos níveis pré-crise em 2020. Por outro lado, 42% esperam retornar à normalidade em 2021, principalmente no segundo trimestre (15% dos entrevistados) e no terceiro trimestre (17%). Os gestores, por sua vez, esperam recuperar os níveis pré-crise em 2022 (17%) ou 2023 (8%).
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.