Lyst: Gucci é a marca mais desejada

O mais recente índice do motor de busca Lyst sobre a marcas e produtos de moda mais famosos foi lançado na quarta-feira e, mais uma vez, revela que a Gucci foi a marca mais procurada do mundo no último trimestre de 2018.


A Gucci ocupa primeira posição na classificação do último trimestre

Com base na análise do comportamento de compra, pesquisa e navegação de mais de cinco milhões de compradores por mês, parece que a Gucci está realmente em alta.

A demanda global pelos seus acessórios é enorme, com a carteira Gucci Soho Disco a ser o produto feminino mais desejado do quarto trimestre de 2018. De outubro a dezembro, mais de seis milhões de compradores pesquisaram uma carteira, cinto ou sapato Gucci. Os dois acessórios da Gucci na lista de produtos mais desejados geraram duas vezes mais encomendas do que os restantes oito produtos combinados.

Mas, várias outras marcas têm motivos para ficarem satisfeitas com os seus próprios resultados. A Off-White ficou em segundo lugar, beneficiando ainda da colaboração The Ten Nike x Off-White, a coleção de sapatilhas mais bem-sucedida do ano. E a Balenciaga ficou em terceiro, com um ano muito bom, encabeçado pelo “momento de moda digno de um meme de Michelle Obama, que tornou virais as botas até à coxa da Balenciaga”.

A Moncler saltou 12 posições para o quarto lugar, com os seus casacos de penas nas listas feminina e masculina de produtos favoritos. E, validando a estratégia da empresa, parece é que a sua iniciativa Genius que impulsiona o tráfego de pesquisa e o envolvimento social.

FORÇA ITALIANA

A Fendi ficou no quinto lugar, ajudada pela coleção-cápsula Fendi Mania, enquanto a mistura de itens novos e “throwback” colocou a Versace no sexto lugar. Na verdade, surpreendente foi o sucesso do opulento roupão barroco da Versace na temporada de Natal, apesar do seu preço de 595 dólares (522 euros), provavelmente graças ao impulso de Kanye West, Kevin Hart e Drake, que foram vistos a usá-lo no Instagram.

A Lyst também revelou que as marcas italianas continuaram a a dominar o índice, como comprovam a primeira posição da Gucci, a Fendi ter subido quatro posições e o sexto lugar da Versace. A Stone Island também voltou para o top 10, ocupando a sétima polsição, devido à maior demanda por outerwear técnico de marca.

A Vetements ficou em oitavo lugar, com a parceria com a Reebok e o apoio de Tilda Swinton na passadeira vermelha a aumentarem a sua visibilidade.


A Moncler Genius alcançou um sucesso notável no índice Lyst

A Valentino ficou em nono lugar, o que se deverá ao facto de Pierpaolo Piccioli ter sido designer do ano nos Fashion Awards, além da capa verde usada por Jennifer Lopez e do vestido de casamento de Gwyneth Paltrow, que geraram muitas menções nas redes sociais.

Enquanto isso, a Burberry subiu quatro lugares para entrar na décima posição do top 10. Os dados da Lyst mostraram que agora a marca “está ecoando junto de novos clientes”. Os seus novos lançamentos mensais de edição limitada, que só podem ser adquiridos através do Instagram e da aplicação chinesa de mensagens WeChat, "estão sendo vendidos numa questão de horas", ajudando a impulsionar as vendas no Reino Unido, em Itália e na China.

TOP DE PRODUTOS

Os principais produtos individuais femininos foram: a carteira Soho Disco da Gucci, seguida pelo seu cinto de logótipo, as sapatilhas V10 da Veja, o blusão de esqui Vonne da linha Moncler Genius 3 Grenoble, as sapatilhas Versace Chain Reaction, os chinelos Fluff Yeah da Ugg, as sapatilhas Speed da Balenciaga, as botas Jadon da Dr Martens, as sapatilhas Fila Ray e o porta-moedas com monograma da Saint Laurent.

Para os homens, o top 10 é composto pelas sapatilhas Nike Air Force 1 '07 LV8 Utility Volt, o casaco Nuptse da The North Face, o polar Classic Retro-X da Patagonia, o anoraque da Fendi Bag Bugs, a t-shirt de manga comprida da Stone Island, o casaco Moncler Maya, a sweater de lã com logótipo da Givenchy, o roupão da Versace acima mencionado, as sapatilhas hi-top Converse x Off-White Chuck 70 e as sapatilhas RS-X da Puma.

De acordo com a Lyst, a The North Face e a Patagonia estão a beneficiar de um maior interesse do mercado nos itens essenciais para caminhantes urbanos, com as pesquisas por peças masculinas em lã polar a subirem 44% nos últimos dois meses.

As marcas de sapatilhas sustentáveis também beneficiam de um interesse acrescido, com a Veja no índice pela primeira vez e a obter um grande impulso após Meghan Markle ter sido vista com um dos seus modelos mais vendidos. Na verdade, o calçado foi "a categoria de produto mais poderosa" neste trimestre, sendo que três dos 10 produtos mais desejados neste trimestre eram sapatos.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosModa - CalçadosEsporteModa - DiversosLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER