×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
24 de mar. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

LVMH Prize divulga os seus oito finalistas

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
24 de mar. de 2022

Três marcas masculinas, três femininos, uma unissex e uma mista, sete nacionalidades, quatro continentes... A final do LVMH Prize promete ser muito diversificada com uma seleção de oito marcas e nove designers, nenhum sediado em Paris. Estes felizes vencedores foram selecionados entre 4 e 9 de março entre 19 semifinalistas, durante um showroom e na plataforma digital do concurso, onde mais de 62.000 pessoas puderam participar na votação, escolhendo o seu candidato favorito.


Os finalistas da 9.ª edição do LVMH Prize - LVMH

 
"Esta semifinal foi uma oportunidade para descobrir o trabalho dos designers selecionados. Gostaria de saudar o seu talento e entusiasmo, e gostaria de os felicitar a todos. Apreciei particularmente os nossos momentos de intercâmbio, e fui conquistada pela sua criatividade, a sua forma de mostrar o seu savoir-faire e o seu artesanato, bem como as suas ideias sobre questões ambientais", comenta Delphine Arnault, filha do CEO do grupo de luxo Bernard Arnault e mentora deste prêmio para designers emergentes, que supervisiona desde o seu lançamento em 2014.
 
"Este ano, os designers que chegam à final do LVMH Prize são do Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Irlanda, Japão, Nigéria e Reino Unido. O júri inteiro e eu teremos muito prazer em recebê-los na final da Louis Vuitton Foundation," continuou Delphine Arnault sem revelar a data da final.

A Europa está vestindo a pele de leão, e em particular o Reino Unido, com Londres como locomotiva da criatividade, como ilustrado pela marca KNWLS, lançada em 2017 pela inglesa Charlotte Knowles com o canadiano Alexandre Arsenault. Com as suas silhuetas sensuais e muito femininas, a designer, que originalmente deu o seu próprio nome à marca – recentemente rebatizada, mantendo apenas as consoantes –, já está a esculpir um certo sucesso com celebridades. Especializado em alta moda masculina e inventiva onde o passado e o futuro colidem, Steven Stokey Daley, nascido em Liverpool, estabeleceu a sua marca S.S. Daley em 2020 e é considerado uma das estrelas em ascensão da cena da moda londrina.  
 
A designer irlandesa Róisín Pierce está sediada em Dublin, onde se formou no National College of Art and Design e criou a sua etiqueta em 2019, centrando-se nos bordados ingleses e nas técnicas tradicionais de lingerie do século 19, que revisita em coleções totalmente brancas. Já se distinguiu num concurso, no 34.º Festival de Hyères em 2019, onde ganhou o primeiro prêmio Métiers d'Art promovido pela Chanel e o Prêmio Público da Cidade de Hyères.
 
A anglo-nigeriana Ineyie Tokyo James fundou a sua maison Tokyo James em Lagos em 2015, dividindo o seu tempo entre África e Londres, onde costumava aparecer até ao ano passado, antes de se transferir para as passarelas da Milano Fashion Week este ano. Nas suas criações, a tradição de alfaiataria da Savile Row mistura-se com o artesanato africano.

Outro anglo-nigeriano está entre os finalistas deste LVMH Prize, Idris Balogun, que nasceu na Nigéria e cresceu no Reino Unido, mas estabeleceu a sua marca, Winnie New York, nos Estados Unidos, onde estudou e trabalhou para Tom Ford, entre outros. Também reinterpreta os clássicos do vestuário masculino, recorrendo a técnicas que aprendeu na Savile Row.
 
O outro finalista americano é Erl, a etiqueta californiana do touche-à-tout Eli Russell Linnetz. Fotógrafo, designer e diretor de arte, colaborou com artistas como Kanye West e Lady Gaga, e foi visto por Rei Kawakubo e Adrian Joffe do Dover Street Market.
 
Finalmente, a sul-coreana Ashlynn Park representa a Ásia, mas está sediada em Nova York com a sua marca Ashlyn. É notavelmente influenciada pelo design japonês com o qual trabalhou, Yohji Yamamoto, elaborando a silhueta de uma forma rigorosa e inventiva. O japonês Ryunosuke Okazaki, de Hiroshima, é renomado pelas suas criações escultóricas de vanguarda. A sua marca Ryunosuke Okazaki é conhecida pelo seu design futurista com volumes geométricos arrojados.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.