×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

LVMH investe cerca de 50 milhões de euros na Lyst

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 25 de mai de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A plataforma de pesquisa especializada em moda Lyst anunciou a participação do grupo LVMH numa nova ronda de financiamento. Embora os detalhes não tenham sido revelados, várias fontes falam de uma soma aproximada de 50 milhões de euros.


Lyst


Como consequência deste investimento, Ian Rogers, chief digital officer da LVMH, irá juntar-se à direção da Lyst. Na quinta-feira, Rogers declarou que "o comércio eletrônico representa agora uma receita de milhares de milhões de euros e um crescimento exponencial para as maisons do grupo LVMH". E acrescentou: “Continuamos investindo em todo o espectro da experiência de luxo online. A visão da Lyst, um destino incontornável de pesquisa e descoberta de moda, associada ao seu excecional potencial de crescimento, oferece-nos uma oportunidade única."

A Lyst revelou ter fornecido, no ano passado, serviços de pesquisa aprimorados a mais de 70 milhões de compradores de moda. A empresa é atualmente lucrativa e as suas receitas crescerem mais de 400% nos últimos três anos desde a sua última ronda de captação de fundos.

Este crescimento acompanhou o crescimento do próprio setor do luxo. A Lyst é o maior nome no mercado dos motores de busca dedicados ao luxo e afirma oferecer "o mais abrangente inventário do mundo de produtos de luxo e contemporâneos". A plataforma reúne 12 mil marcas e varejistas e chega a compradores de mais de 120 países.

Então, o que fará a Lyst com este novo investimento? Segundo a própria, o investimento será usado para apoiar a sua "expansão internacional contínua em novos mercados e impulsionar o crescimento da empresa através das suas equipes em Londres e Nova Iorque".

Irá também ajudar os seus analistas de dados a “continuar as suas inovações em machine learning, visão computacional, inteligência artificial e no campo de redes neurais artificiais, para impulsionar os algoritmos de pesquisa e personalização da plataforma”.

Chris Morton, cofundador e CEO, nota que a transição para o digital significa que "este é um momento de mudança transformacional na indústria da moda".

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.