×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de jul. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

LVMH compra Off-White, a marca de streetwear de Virgil Abloh

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de jul. de 2021

LVMH e Virgil Abloh unem forças nos negócios. O criador afro-americano, que já trabalha para a número 1 mundial do luxo como diretor artístico masculino da Louis Vuitton, torna-se parceiro de pleno direito do grupo francês, que assume 60% da empresa Off-White LLC, proprietária da marca de streetwear couture Off-White, fundada em 2013.


Off-White - outono-inverno 2021 - Alta-Costura - Paris - © PixelFormula


Virgil Abloh será detentor dos 40% restantes. Além disso, os dois parceiros estenderão ainda mais a sua colaboração. “Este acordo prevê o aproveitamento da expertise do grupo LVMH para o lançamento conjunto de novas marcas, mas também para o desenvolvimento de parcerias com marcas existentes em diversos setores, além do da moda”, anuncia a empresa em comunicado, acrescentando que “as primeiras discussões sobre estes assuntos já foram iniciadas”.
 
Não foi fornecido nenhum detalhe sobre o valor da transação. O grupo indica apenas que o New Guards Group (NGG), grupo de moda italiano que desde a sua criação em 2016 se tornou um player essencial no streetwear, reunindo, além da Off-White, outras oito marcas, incluindo Palm Angels, Marcelo Burlon, Opening Ceremony ou Heron Preston, "continuará a ser um parceiro operacional da Off-White através do seu contrato de licenciamento com a Off-White LLC."

O New Guards Group foi comprado em 2019 pela plataforma de luxo Farfetch por 675 milhões de dólares (603 milhões de euros). Na ocasião, circularam rumores sobre um potencial interesse da LVMH no NGG. O grupo de luxo não quis comentar esta componente ligada à Farfetch, que "continua sendo um parceiro operacional", disse, ao confirmar que a LVMH acaba de entrar na marca Off-White e não no NGG. “A transação pela qual a LVMH investe na Off-White está sujeita à aprovação das autoridades reguladoras e deverá ser finalizada dentro de 60 dias”, acrescenta ainda.

Para o grupo de luxo, com 70 maisons, a maioria das quais reconhecidas pelo seu legado histórico, surge um novo modelo de negócio pensado para o futuro. A LVMH recrutou Virgil Abloh em 2018 para a sua marca principal, a Louis Vuitton, tendo tido oportunidade de apreciar os seus múltiplos talentos criativos. Competências que decidiu valorizar ainda mais.
 
Bernard Arnault, líder da LVMH, declarou: "Atualmente, somos testemunhas privilegiadas do seu trabalho criativo e da sua visão excepcional em tudo o que faz conosco na Louis Vuitton. Vamos apoiar Virgil e a sua equipe para fazer crescer ainda mais a Off-White e mal posso esperar para que seja capaz de expressar connosco a sua sensibilidade única noutros projetos que afetarão o setor do luxo como um todo.” 
 
Michael Burke, CEO da Louis Vuitton, acrescentou por seu lado: "Ao quebrar barreiras e espalhar uma visão profundamente inclusiva, Virgil ampliou o alcance do mundo de luxo da Louis Vuitton. Estamos orgulhosos do progresso feito até agora e muito animados para abrirmos novos caminhos juntos."

Por seu lado, com este acordo, Virgil Abloh ganha reconhecimento e poderá contar com um parceiro sólido para desenvolver a sua marca, que já conta com cerca de 56 lojas, incluindo uma flagship inaugurada recentemente em Paris.
 
Sobre a aquisição, o designer comentou: “A LVMH nos traz o poder e a dimensão necessários para acelerar o nosso ímpeto e fazer da Off-White uma verdadeira marca de luxo com múltiplas categorias e produtos.” O criador acrescentou que também pretende fazer uso desta parceria para aprofundar o seu “compromisso de longa data de oferecer novas oportunidades ao maior número de pessoas possível e promover mais equidade e inclusão no setor”. “Este é um novo fórum excepcional para elevar muito mais as transformações já implementadas em conjunto.”

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.