×
Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
22 de jul. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

LVMH: Bernard Arnault reestrutura holding para "controle familiar de longo prazo"

Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
22 de jul. de 2022

O diretor executivo da LVMH, Bernard Arnault, mudou a estrutura legal da holding familiar Agache para uma sociedade anônima para assegurar o controle familiar da LVMH em longo prazo, disse a empresa na quinta-feira (21)


O bilionário francês diretor executivo e presidente da LVMH, Bernard Arnault - DR


A mudança não afeta a sua atual participação, disse Bernard Arnault em comunicado.

Sob a nova estrutura legal, a holding familiar será controlada pela Agache Commandite SAS, que será igualmente detida pelos cinco filhos de Arnault.

Um processo junto da autoridade do mercado francês mostrou que a família Arnault, através de várias entidades jurídicas, detém 47,99% da LVMH e tem 63,5% dos direitos de voto no grupo de luxo.
 
Bernard Arnault, aos 73 anos, é o CEO e presidente da LVMH e não nomeou publicamente um sucessor para o império de luxo em expansão que construiu através de aquisições.
 
Os estatutos da LVMH foram alterados na reunião anual de acionistas no passado mês de abril para aumentar a idade máxima do seu diretor executivo para 80 anos em vez de 75.
 
Os cinco jovens filhos ocupam todos os cargos de gestão de topo nas marcas do grupo.
 
O mais velho, Delphine Arnault de 47 anos, e Antoine Arnault, de 45, filhos do primeiro casamento de Bernard Arnault, estão também ambos no conselho de administração do grupo.
 
Alexandre Arnault, de 30 anos, é executivo da Tiffany & Co., enquanto Frédéric Arnault, de 27, é diretor executivo da TAG Heuer.
 
O mais novo, Jean Arnault, de 23 anos, juntou-se ao grupo há um ano, dirigindo o marketing e desenvolvimento da divisão de relógios da Louis Vuitton.
 

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.