×
680
Fashion Jobs

LVMH adquire participação na marca americana Madhappy

Publicado em
today 10 de out de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O conglomerado de luxo LVMH comprou uma participação na Madhappy, uma marca americana de prêt-à-porter casual, através do seu veículo de investimento LVMH Luxury Ventures.


Fotografia: Madhappy


Este é um investimento surpreendente por parte da LVMH Luxury Ventures, que recentemente assumiu participações minoritárias na Gabriella Hearst, Stadium Goods e na marca de beleza francesa Officine Universelle Buly.
 
A Madhappy apresenta-se como "uma comunidade inclusiva de otimistas locais". Segundo o site da Madhappy: "Criamos produtos excecionais com o nosso próprio estilo. Propomos experiências marcantes por todo o mundo. Estamos nos esforçando para criar uma plataforma para falar sobre saúde mental."

A marca está muito longe das casas de couture da LVMH, como Christian Dior ou Givenchy, com os seus vestidos de noiva de 250 mil dólares. A sua sweatshirt básica, batizada "Optimism", custa apenas 160 dólares (cerca de 145 euros).

A LVMH Luxury Ventures confirmou o investimento numa declaração feita à FashionNetwork.com: "Esta decisão está alinhada com o nosso desejo de diversificar o nosso portfólio de investimentos em marcas reconhecidas, seja a Gabriela Hearst ou marcas emergentes como a Madhappy, que demonstram uma abordagem interessante e cujo desenvolvimento queremos apoiar.” A Madhappy não fez comentários sobre esta aquisição.

A Madhappy foi fundada em Los Angeles, em 2017, por Peiman Raf, o seu irmão Noah Raf e os seus amigos Joshua Sitt e Mason Spector. A marca propõe uma gama limitada de sweatshirts com capuz, calças, t-shirts e bonés, todos com o logótipo da marca. Desde então, a Madhappy abriu mais de meia dúzia de lojas efémeras em Los Angeles, duas em Nova Iorque, duas em Aspen e uma em Miami. Entretanto, formou uma base sólida de fãs, colaborando com marcas como Jon and Vinnys, Pencils of Promise e Alfred Coffee. Com 45 mil seguidores no Instagram e clientes fiéis como Cardi B, Anwar Hadid e The Weeknd, a marca está, sem dúvida, no bom caminho.
 
Em março, a Madhappy conseguiu arrecadar quase 2 milhões de dólares numa ronda de financiamento junto de investidores estratégicos, incluindo Sweetgreen, MeUndies e Justin Caruso, filho do magnata do imobiliário Rick Caruso. Os fundos arrecadados foram utilizados para desenvolver o seu site e abrir novas lojas efémeras, como a de Williamsburg.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.