×
Por
AFP
Publicado em
30 de out. de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Luxottica: volume de negócios em alta de 3,2% no 3º trimestre

Por
AFP
Publicado em
30 de out. de 2016

O grupo italiano Luxottica, líder mundial no mercado de óculos de alta gama, confirmou seus objetivos para 2016 depois de ter registrado alta de 3,2% do seu volume de negócios consolidado no terceiro trimestre, com 2.225 bilhões de euros (7.834 bilhões de reais).

Luxottica


O grupo destacou em um comunicado que esta alta havia sido puxada pela Europa e alguns mercados emergentes e favorecida por um "verão prolongado" no Hemisfério Norte.
 
A América do Norte segue como o principal mercado do grupo, que realizou aí no trimestre 61% do seu volume de negócios. Seguem a Europa (17%) e a região Ásia-Pacífico (13%).

"Estamos satisfeitos com a qualidade de crescimento no trimestre e com a vitalidade da nossa atividade nos mercados como Europa, América Latina e sudeste asiático", destacou o presidente executivo do grupo, Leonardo Del Vecchio, e seu diretor-geral, Massimo Vian, citado no comunicado.
 
Eles estimaram que esses resultados, em linha com as expectativas dos analistas, eram "ainda mais significativos, pois foram alcançados numa fase de forte investimento e trabalho intenso de integração e simplificação administrativas e em um contexto macroeconômico incerto".
 
A Luxottica confirmou suas previsões para 2016, que haviam sido revistas para baixo no fim de julho. O grupo conta com vendas em alta de 2 a 3% com taxa de câmbio constante e um resultado operacional e um resultado líquido alinhados ao crescimento das vendas.
 
Destacando que as iniciativas conduzidas nesses 12 últimos meses começavam a dar frutos, Leonardo Del Vecchio e Massimo Vian, explicaram que o grupo pretendia "acelerar (seu) crescimento a partir de 2017, mantendo-o saudável e sustentável no longo prazo".
 
Luxottica, proprietária das marcas Ray Ban e Oakley, empreendeu no ano passado uma simplificação da sua organização para melhorar sua flexibilidade e sua rapidez de execução.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.