×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de mai. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Louis Vuitton é a marca francesa mais valorizada

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de mai. de 2022

Avaliada em 20,2 bilhões de euros, a Louis Vuitton é a marca francesa mais valorizada, segundo o ranking anual da Brand Finance.


Último desfile da Louis Vuitton Cruise em maio de 2022, na Califórnia - DR


A marca de luxo Louis Vuitton, propriedade do grupo LVMH, é agora a mais bem avaliada das 150 marcas francesas mais poderosas, segundo a Brand Finance, ultrapassando a segunda colocada, Orange, avaliada em 16,2 bilhões de euros.

Depois de cair 11% em 2020 devido à pandemia de coronavírus, este ano o valor total das 150 marcas francesas mais valorizadas subiu 13% em relação às avaliações de 2021. “As marcas francesas mais valorizadas apagam assim o impacto da Covid-19 e recuperam um elevado nível de competitividade”, afirma a Brand Finance.

Assim como em 2021, o setor do vestuário (moda e luxo) continua a ser o que mais contribui para o ranking “Brand Finance France 150 2022”, com um aumento de 26%, após um decréscimo de 12% em 2021. O varejo, que representa 10% do valor do ranking, e os cosméticos (8%) tiveram aumentos respectivos de 14% e 8% no valor de suas marcas.


As dez principais marcas no ranking das marcas francesas mais valorizadas em 2022 - Brand Finance France


Pela primeira vez na história do ranking Brand Finance France, a Louis Vuitton conquistou o título de marca francesa mais valorizada e subiu três posições, registrando um aumento de 59,7% em seu valor em relação a 2021.

Enquanto em 2020, ano da crise de saúde, a Louis Vuitton perdeu 15% de valor no ranking, 2021 foi um ano próspero para a sua proprietária, a LVMH. De fato, o grupo de luxo viu as vendas aumentarem em 40%, para mais de 64 bilhões de euros, e dobrou seu lucro operacional para 17 bilhões de euros.

"A Louis Vuitton continua aprimorando a experiência do cliente, inspirando suas comunidades e expandindo sua rede de lojas para além das capitais, como em Pittsburgh, Xi'an e, mais recentemente, em Lille (L'Huîtrière), para estar mais perto de seus clientes. O aumento das vendas, principalmente nos Estados Unidos, ilustra o poder de influência e relevância da marca na moda e no luxo", diz a Brand Finance.

Em outra parte do ranking, no lado do luxo, a Chanel ficou em quarto lugar, avaliada em 13,2 bilhões de euros, à frente da Hermès, em sexto lugar, avaliada em 11,6 bilhões de euros. A Cartier ficou em oitavo lugar, com uma avaliação de 10,7 bilhões de euros.

Por fim, a Brand Finance também estabeleceu uma classificação das empresas mais fortes de 2022 de acordo com uma metodologia baseada em investimento e imagem de marca aliada a resultados financeiros.

A Dior, décima quinta no ranking de marcas mais valorizadas, ficou no topo da classificação, logo à frente da Louis Vuitton. Lancôme (grupo L'Oréal) ficou em sexto lugar, Decathlon em sétimo, Saint Laurent em nono e Yves Rocher em décimo.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.