×
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de fev. de 2020
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Liu Jo e Blumarine planejam entrar com pedido de IPO dentro de dois anos

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de fev. de 2020

A holding das marcas italianas de moda Liu Jo e Blumarine pretende listar no mercado de ações dentro de dois anos, informou o executivo-chefe e fundador da companhia, Marco Marchi.



Marco Marchi comprou a marca de luxo Blumarine em novembro do ano passado e criou uma holding, a Eccellenze Italiane Holding EIH, para gerenciar ambas as marcas.

"O projeto de criar uma holding e comprar outra marca decorre da consciência de que a indústria da moda italiana tem um grande potencial, mas às vezes é penalizada por deficiências administrativas ou financeiras", disse Marchi em um evento da indústria em Milão.

No entanto, posteriormente, ele disse a repórteres que o grupo ainda não estava pronto para uma abertura de capital, mas que acreditava que isso seria possível em dois anos.

Marchi fundou Liu Jo com seu irmão Vannis em 1995 na cidade de Carpi, ao norte da Itália, uma região com uma longa tradição em malharia.

As vendas da Liu Jo, posicionadas no setor intermediário-premium do mercado da moda, atingiram cerca de 400 milhões de euros (435 milhões de dólares) no ano passado, segundo o gestor.

A Blumarine, também sediada em Carpi, foi criada em 1977 por Anna Molinari, proprietária da empresa até sua venda para Marchi em novembro de 2019. A marca gerou 33 milhões de euros em receita em 2018, de acordo com os dados mais recentes da companhia.
 

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.