×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
21 de fev. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

LFW: Simone Rocha, 16Arlington e Yuhan Wang

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
21 de fev. de 2022

Um dia pungente de desfiles em Londres, no domingo (20 de fevereiro), com Simone Rocha no interior do Royal Courts of Justice; 16Arlington encenando a última coleção da falecida Federica Cavenati; e Yuhan Wang, a apresentar a beleza da imperfeição.

Simone Rocha



A designer irlandesa Simone Rocha levou as suas últimas ideias para o Great Hall do Royal Courts of Justice, no domingo à noite, e a decisão do júri foi unânime: a filha de pai chinês e de mãe irlandesa (com avô paterno português radicado em Macau) revelou mais uma coleção de sucesso.
 
Apresentada com meia luz filtrada pela cor da iluminação difusa dos vitrais gigantes, esta foi uma exibição mística de Rocha, uma obra de extrema produção de moda e de proporções brilhantemente ousadas.


Look de Simone Rocha para a sua coleção de outono-inverno 2022 apresentada em Londres - DR


Frequentemente, a remontagem dos seus elementos preferidos, vestidos vitorianos de algodão branco; volumes e franzidos; blusões biker punky; oodles de tafetá e muitas pérolas.
 
"Dois filhos e duas filhas. Um lamento sombrio. Asas de tafetá quebradas, e exploração do vestuário exterior e do que está por baixo. Linhagem e agasalhos acolchoados. Lantejoulas ásperas, veludo azul", proferiu Simone, nas suas últimas notas do programa refinado.

No entanto, Rocha abriu muito terreno novo com vestidos-casacos de lingerie usados sobre micro camisolas cortadas como um soutien, e combinadas com meias pretas rematadas por pérolas. Acrescentando um toque mais malicioso e racional ao romantismo de Rocha.
 
Muitos dos seus modelos apareceram em balaclavas (ou gorros de ninja) com pérolas e cabelos com enormes tranças. Muitas vezes marchando com tênis  de plataforma totalmente brancos que pareciam feitos de estuque de Paris.
 
O desfile foi decorreu ao som da melhor trilha sonora de Londres até agora, com um maravilhoso remix de Sinead O'Connor por cortesia do arquiteto de som, Frédéric Sanchez.
 
Tudo dito, a coleção mais elegante mas também a mais friamente perturbada de Londres até agora, que o Grande Júri da primeira fila da moda saudou com estrondosos aplausos.
 

16Arlington



Não havia um olho seco na audiência da 16Arlington quando o designer Marco Capaldo agradeceu os aplausos, depois de apresentar a coleção final sobre a qual ele e a falecida parceira Federica 'Kikka' Cavenati haviam ambos criado.
 

Look da 16Arlington para a coleção de outono-inverno 2022 apresentada em Londres - 16Arlington


Em dezembro, Cavenati morreu após uma súbita doença, a mão cruel da sorte que pôs fim à carreira de uma designer muita talentosa, que já aos 28 anos de idade tinha criado uma visão especial e particular da moda.
 
Uma aclamação pública de pé, saudando Capaldo depois deste revelar uma coleção de outono que capturou tudo o que distingue a 16Arlington na sua maneira de encarar o glamour moderno. O material chave foi a micro lantejoula, usada habilmente em boleros confortáveis, tops, vestidos justos até ao tornozelo e até mesmo tamancos com lantejoulas.
 
Um look muito sexy, mas nunca demasiado atrevido, desde bustiers fora do ombro até minissaias micro de camurça usadas com casacos de malha Elizabethan com mangas de funil e meias de joelho.
 
Embora as ideias mais memoráveis tenham sido os tops elásticos tie-dye, calças de malha e mini cardigans; juntamente com grandes casacos de veludo moiré e fatos. Também impressionantes foram as lânguidas calças de terno, cortadas com um volume admirável, e rematadas por elegantes aranhas de contas em miniatura.
 
O elenco equilibrou-se em tamancos de plataforma cravejada de pregos, enquanto percorria a Yeomanry House em Bloomsbury, ao som da música eletrônica estimulante da Logarithmic Spiral.
 
Quando Capaldo apareceu para ser aclamado de pé, deu-se um final terrivelmente triste para uma coleção impressionante, que serviu para lembrar todo o imenso potencial e promessa de Kikka.

Yuhan Wang



Os excêntricos da London Fashion Week (LFW) são adorados, e quanto mais loucos melhor, como Yuhan Wang, cuja mais recente coleção foi toda desenvolvida em torno da beleza da imperfeição.
 
Todos os seus materiais eram imprevisíveis. Wang lançou metros e metros de couro falso, sobre impresso com folhas enormes, tabby cats e gatinhos, muitos deles picotados. Tudo misturado com jacquards florais e metros de renda – até meias e botas de renda e chinelos de pele falsa super desalinhada.


Look de Yuhan Wang para a coleção de outono-inverno 2022 apresentada em Londres - Yuhan Wang


Uma afirmação de moda verdadeiramente excêntrica, onde o melhor look foi um casaco bege, de couro falso, super perfurado com um profuso padrão de folhas, usado sobre collants de renda brancos que terminavam numa bomba bege – cativante e bastante bela.
 
Muitos looks não funcionaram realmente – como o top verde de malha de Wang e as calças quentes sobre as quais foi costurado um bordado inacabado de um tabby cat, que parecia mais um idiota. Além disso, a sua silhueta também era mista, e por vezes confusa – em particular um vestido cru, em jacquard, com a cintura imperial usada nos romances de Jane Austen que acrescentava meia dúzia de quilos.
 
No entanto, em uma temporada de excentricidade grandiosa, esta sensação estava muito em sintonia com todo o humor de Londres.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.