×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
16 de fev. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Levi's: presidente de marca global deixa o cargo

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
16 de fev. de 2022

Jennifer Sey, presidente de marca da empresa americana de jeans Levi Strauss & Co., renunciou ao cargo. A executiva afirmou ter-se visto obrigada a deixar a empresa após ter manifestado a sua opinião de que as escolas deveriam permanecer abertas durante a pandemia de Covid-19.


Jennifer Sey - Courtesy


Em um artigo publicado no Substack pela escritora Bari Weiss, Sey, que passou cerca de 23 anos na empresa e, mais recentemente, atuou como presidente de marca global desde 2020, declarou que o CEO da empresa, Chip Bergh, lhe ofereceu um pacote de indenização de 1 milhão de dólares em troca da sua assinatura em um acordo de confidencialidade. No entanto, segundo o ensaio, Sey recusou-se a permanecer em silêncio sobre os motivos da sua demissão e disse que não poderia fazer isso.
 
Sey escreveu: "No mês passado, o CEO me disse que a minha permanência seria 'insustentável'. Ofereceram-me um pacote de indenização de 1 milhão de dólares, mas eu sabia que teria de assinar um acordo de confidencialidade sobre o motivo da minha demissão. Seria bom receber o dinheiro. Mas, eu simplesmente não consegui fazer isso. Sinto muito, Levi's."

Desde 2020, quando começou a pandemia, Sey tem-se oposto abertamente à ordem de encerramento das escolas públicas dos Estados Unidos, escrevendo artigos, aparecendo em noticiários locais e organizando manifestações a favor de manter as escolas abertas.
 
Ao tornar públicas as suas opiniões, Sey alega que o responsável pela comunicação corporativa da empresa, os seus departamentos jurídico e de recursos humanos e Bergh a advertiram para o fato de ser um reflexo da empresa e que deveria "pensar" no que estava dizendo.

A Levi's não emitiu qualquer declaração sobre as afirmações de Sey e a sua subsequente saída. No entanto, a empresa reconheceu a sua demissão e afirmou que as suas responsabilidades seriam assumidas por Seth Ellison, vice-presidente executivo e diretor comercial da empresa, de forma interina.

"A Levi Strauss & Co. começou a procurar um novo presidente de marca para a Levi's, uma oportunidade para liderar uma das marcas de consumo mais conhecidas e respeitadas do mundo", disse Ancel Martinez, diretor de comunicações comerciais e financeiras da Levi's Strauss & Co.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.