Lalique quer se fortalecer no segmento de perfumes

Em 2018, a Lalique registrou vendas de 136,4 milhões de euros, um aumento de 6% em relação ao ano anterior. O lucro operacional (EBIT) do grupo de luxo suíço, que opera nos setores de hotéis, cristais, e perfumes, foi de 6,1 milhões de euros, uma queda de 19%, enquanto o lucro líquido foi de 5,2 milhões de euros, ante 6,9 milhões de euros no ano anterior. Estas quedas refletem os vários investimentos feitos pela Lalique ao longo do ano, incluindo a aquisição de 50% da The Glenturret, a mais antiga destilaria escocesa de whisky single malt.



Parfum Satine de Lalique - DR

Quanto ao negócio de beleza da Lalique, que inclui as marcas de perfumes Lalique, Jaguar, Grès, Bentley, Samouraï e Alain Delon, bem como a marca de produtos solares Ultrasun, além da Lalique Beauty Services, uma empresa especializada em inserir perfumes em frascos e logística com sede na França, a tendência é mista.

Os perfumes da Lalique, que respondem por 16% do faturamento do grupo, registraram aumento de 11% nas vendas em relação ao ano anterior, graças principalmente ao bom desempenho no Oriente Médio, Estados Unidos, Rússia, e China. A licença de perfumes da Jaguar registrou um volume de negócios de 22,2 milhões de euros, um aumento de 2%. Ela obteve uma leve desaceleração no crescimento devido ao aumento de preços nos Estados Unidos. A Ultrasun, cujas vendas no período totalizaram 17,4 milhões, apresentou um crescimento de 34% graças à expansão de sua distribuição em farmácias e drogarias. Os perfumes Sandstone, Bentley e Samurai, por outro lado, estão em declínio.

Apesar dos resultados mistos, a Lalique deseja ampliar seu negócio de perfumes e adquirir marcas pequenas. Em outubro de 2018, Silvio Denz, presidente do conselho de administração e acionista majoritário da Lalique, disse à AFP: "Estamos em busca de exclusividades que tragam boas margens". E apesar de ainda não ter nada formalizado até o momento, o grupo Lalique anunciou que está "atualmente negociando com duas marcas de luxo sobre possíveis licenças de perfumes”.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

BelezaArte na mesaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER