L'Oréal é reconhecida como companhia número um em ética

A L’Óreal foi reconhecida como a companhia número um em ética pelo ranking mundial EticalQuote. Na classificação, a empresa foi avaliada por seu desempenho ético nas áreas de Meio Ambiente, Impacto Social e Governança e ficou em primeiro lugar, na frente de 580 concorrentes.


L'Oréal é considerada a empresa mais ética em ranking mundial - Divulgação

"Este reconhecimento reforça a nossa firme convicção de que agir de forma ética é a única forma de construir uma empresa sustentável", afirma Jean-Paul Agon, presidente e CEO da L'Oréal. "Nossos Princípios Éticos – Integridade, Respeito, Coragem e Transparência – guiam o nosso desenvolvimento em áreas como responsabilidade social corporativa, políticas de compliance e filantropia. Tudo isso contribui para a nossa reputação."
 
Outro reconhecimento global foi a classificação pelo Ethisphere Institute e pelo Pacto Global das Nações Unidas na categoria de empresa mais éticas do mundo. Na França, a empresa também foi premiada por Excelência em Governança Ética e Liderança Ética pela Universidade de Cergy-Pontoise.
 
"A nossa cultura de integridade nos permite desenvolver relacionamentos baseados em confiança com os nossos consumidores, colaboradores, acionistas, parceiros comerciais e outras partes interessadas", diz Emmanuel Lulin, vice-presidente sênior e diretor-executivo de Ética da L'Oréal.
 
A L'Óreal foi pioneira em 2007, na França, ao anunciar um diretor-executivo de Ética e criar também um Código de Ética. Todos os anos, a empresa organiza um Dia da Ética em suas filiais ao redor do mundo para impulsionar o debate de questões morais dentro da organização. 

A empresa também ficou entre as 100 maiores líderes mundiais em Sustentabilidade, segundo a plataforma de informação Corporate Knights. Em 2018, a empresa também foi classificada como companhia número um em Sustentabilidade pela revista "Newsweek", em um ranking internacional, e no ano anterior, no Brasil, foi premiada também como a melhor empresa em Mudanças Climáticas pelo "Guia Exame" 2017. 

No Brasil, também em junho do ano passado, a L'Oréal aderiu ao Fórum de Empresas e Direitos LGBT+, organização que, desde 2013, reúne mais de 50 empresas brasileiras de diferentes setores para a promoção e o respeito de direitos humanos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. A empresa de cosméticos fez a adesão aos 10 compromissos para incentivar um espaço de trabalho mais inclusivo e para envolver a sociedade no tema.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

BelezaNomeações
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER