L Brands: resultados negativos da Victoria's Secret afetam aumento das vendas em outubro

Enquanto a Victoria's Secret celebrava o seu desfile anual na quinta-feira, a L Brands, Inc, a sua empresa matriz, com sede em Columbus, Ohio, informou que os fracos resultados da marca de lingerie continuaram prejudicando o forte crescimento das suas vendas em outubro.


Elsa Hosk usa o "Fantasy Bra" da Victoria's Secret 2018, criado em colaboração com o Atelier Swarovski - Instagram: @victoriassecret
 
As vendas líquidas totais da L Brands ascenderam a 860,5 milhões de dólares em outubro, superando em 8% os 794,1 milhões de dólares obtidos no mesmo mês do ano passado. As vendas comparáveis nesse período de 4 semanas aumentaram 4%.
 
No entanto, as vendas comparáveis da Victoria's Secret permaneceram inalteradas, afetando o impressionante crescimento de 11% das vendas comparáveis da marca Bath & Body Works da L Brands.
 
A empresa também anunciou que as vendas no terceiro trimestre encerrado em 3 de novembro de 2018 ascenderam a 2775 milhões de dólares, um aumento de 6% em relação aos 2618 milhões anteriores, o que reflete um aumento das vendas comparável de 4%.

As vendas da Victoria's Secret atingiram os 1529 milhões de dólares, o que reflete uma diminuição nas vendas comparáveis de 2%, enquanto um aumento das vendas comparáveis de 13% impulsionou as vendas da Bath & Body Works até aos 956,2 milhões de dólares.

Até agora, este ano, as vendas totais da empresa aumentaram 7%, para 8385 milhões de dólares, em comparação com os 7809 milhões de dólares obtidos no mesmo período de nove meses no ano anterior, com um aumento de comparáveis de 3%. Mais uma vez, uma queda comparável de 1% nas vendas da Victoria's Secret arrasta parcialmente o crescimento de 3% das comparáveis da Bath & Body Works.

À luz dos últimos resultados de vendas, a L Brands espera anunciar um prejuízo por ação no terceiro trimestre de aproximadamente 0,17 dólares. Algo que inclui uma despesa em dinheiro antes dos impostos de 20 milhões de dólares devido ao encerramento da Henri Bendel, além de despesas de depreciação de ativos não monetários de 80 milhões de dólares antes de impostos relacionadas com certos ativos da Victoria’s Secret.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

LingerieCosméticaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER