×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
18 de nov. de 2021
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Kiko Milano: Cristina Scocchia deixa cargo de CEO no final de dezembro

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
18 de nov. de 2021

No dia 31 de dezembro, Cristina Scocchia deixará o cargo de CEO da marca italiana de cosméticos Kiko Milano para seguir novas oportunidades profissionais em outro ramo de atividade. Ex-CEO da L'Oréal Itália, Cristina Scocchia ingressou na Kiko em julho de 2017.


Cristina Scocchia - Kiko Milano


Desde a sua chegada, Scocchia supervisionou um vasto plano de recuperação, incluindo nomeadamente uma expansão no Médio Oriente e na Ásia. Sob a sua liderança, a Kiko Milano ampliou a sua presença de 23 para 46 mercados. Em 2019, a marca viu também o seu EBITDA duplicar, atingindo 58 milhões de euros.
 
Ressaltando que o nome do sucessor de Cristina Scocchia será indicado em breve, a Kiko Milano especificou em comunicado: “Durante a pandemia que afetou principalmente o comércio físico, a empresa conseguiu reagir com grande agilidade. No terceiro trimestre de 2021, as vendas aumentaram 60% em relação a 2020 e 18% em relação a 2019.”

A marca, fundada em 1997, conta com 950 lojas em 46 mercados e é uma filial do grupo italiano Percassi.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.