×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
14 de mar. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Kering reorganiza divisão de "diversidade e inclusão"

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
14 de mar. de 2022

A Kering reforçou a sua equipe "Diversidade & Inclusão". Com a saída, no início do ano, de Kalpana Bagamane Denzel, que havia sido contratada no final de 2019 como diretora de diversidade, inclusão e talentos, a gigante do luxo revê a sua organização, com foco numa gestão mais inclusiva a nível regional. Esta remodelação passa pelas nomeações de Tania Castillo Pérez, Maria Luisa Pulido e Jenny Wong, conforme confirmou o grupo.


O grupo quer promover ainda mais a diversidade e a inclusão dentro dele - kering.com


Recrutada em maio de 2021 como group talent, diversity & inclusion impact manager, Tania Castillo Pérez é promovida ao cargo de responsável de "Diversidade & Inclusão". Após ter passado pela ENA (École nationale d’administration), trabalhou nomeadamente durante dez anos na gigante Capgemini, ocupando diversos cargos, inclusive o de diretora de responsabilidade social e ambiental (corporate social responsibility director).
 
A Kering recrutou também dois novos nomes. Jenny Wong, nomeada manager regional de Diversidade &  Inclusão para a região da Ásia-Pacífico, e Maria Luisa Pulido, nomeada para o mesmo cargo para a região EMEA (Europa, Médio Oriente, África). A equipe deverá ficar completa com uma indicação equivalente para a América.

Jenny Wong chega à Kering proveniente do conglomerado de Hong Kong John Swire & Sons (H.K.) Ltd, onde trabalhou com questões de inclusão e diversidade durante mais de sete anos. Maria Luisa Pulido ingressou na Kering no final de 2021. Até então, trabalhava no grupo L'Oréal, nos recursos humanos da divisão Luxury.
 
Beatrice Lazat, diretora de recursos humanos (chief people officer), indica: “A diversidade e a inclusão sempre estiveram no centro dos nossos valores e da nossa cultura. Nos últimos anos, multiplicamos ações concretas para melhorar ainda mais a inclusão. Percebemos que o nível regional é essencial para implementar a estratégia de diversidade e inclusão, visto que é fundamental ser sensível a cada cultura e contexto social. No âmbito da nossa atual jornada, chegou o momento de darmos este passo para acelerar ainda mais a implementação destes programas a todos os níveis do grupo."

Nos últimos anos, o grupo criou comitês de Diversidade & Inclusão (D&I) em todas as suas marcas e zonas geográficas. Mais de 60 gestores de topo participaram em vários programas de mentoria e mais de 42 mil colaboradores receberam formação em diversidade como parte da formação anual "Ética", enquanto os CEOs e equipas dirigente de cada marca e região, bem como os diretores de recursos humanos, receberam formação nesse sentido e foram incentivados a implementar ações concretas.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.