×
751
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Kering promete alcançar a neutralidade de carbono em todo o grupo

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 25 de set de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Algumas semanas após ter anunciado que a Gucci se tornou neutra em carbono, o grupo de luxo Kering prometeu alcançar essa neutralidade em todas as suas operações e cadeia de suprimentos.


Kering promete alcançar a neutralidade de carbono em todo o grupo. - Kering


O próximo passo da empresa será compensar suas emissões anuais de gases de efeito estufa (GEE) desde 2018 e trabalhar para reduzir essas emissões. Este é um movimento fundamental para um dos maiores players do setor de luxo e que provavelmente será implementado em mais empresas nos próximos meses e anos.
 
"No que diz respeito às mudanças climáticas, é necessário tomar medidas reais agora", declarou o CEO e presidente da companhia, François-Henri Pinault. “Todos devemos assumir a liderança e justificar as emissões de GEE que geramos. A Kering está comprometida em se tornar um grupo completamente neutro em carbono em todas as suas operações e cadeias de suprimentos. Enquanto nos concentramos em evitar e reduzir nossas emissões de GEE para atingir nossa meta baseada em ciência, também compensaremos nossas emissões restantes e apoiaremos a conservação de florestas vitais e a biodiversidade em todo o mundo", acrescentou.
 
O grupo compensa parte de suas emissões de GEE desde 2011 e, desde então, faz a contabilidade ambiental (EP&L) para analisar o impacto ambiental de suas operações. Isso permitiu lançar "iniciativas personalizadas na cadeia de suprimentos e programas de eficiência para evitar e reduzir efetivamente suas emissões".
 
A empresa também estabeleceu o objetivo baseado em ciência para reduzir todas as emissões de GEE vinculadas a suas operações e cadeia de suprimentos em 50% até 2025, o que já teve um impacto em suas matérias-primas e processos de fabricação e levou à redução de 30% na intensidade de carbono em suas lojas desde 2015.
 
Além disso, a companhia está aumentando a conversão para energias renováveis: 100% do seu consumo de energia já é renovável em alguns países, embora esse número seja inferior na Europa (77%) e no grupo como um todo (67%). Outras iniciativas incluem o programa Clean by Design para fábricas têxteis, que implica na redução do CO2 em 12% ao ano.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.