×
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
3 de out. de 2022
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Kering detém "mais de 90%" da marca de óculos Maui Jim

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
3 de out. de 2022

A gigante do luxo Kering anunciou na segunda-feira (3) que detém "mais de 90%" da fabricante americana de óculos Maui Jim. A operação, anunciada em março, irá enriquecer o portfólio da Kering Eyewear, entidade criada em 2014 que se dedica à atividade de óculos das suas marcas.


Site de Maui Jim


“A aquisição do capital remanescente deverá ocorrer até ao final de 2022”, mas o grupo será consolidado nas suas contas “a partir de 1 de outubro” deste ano, especifica um comunicado de imprensa.
 
Em 14 de março, a Kering Eyewear anunciou ter assinado um acordo para adquirir a "maior marca independente de óculos de sol do mundo", fundada em 1987 no Havai, sem revelar o valor da operação.

A Maui Jim, cujo volume de negócios anual está estimado entre 300 e 350 milhões de euros, desenvolveu uma gama armações e óculos de sol de alta qualidade vendida em mais de 100 países e emprega cerca de mil pessoas em todo o mundo. A sede está localizada em Peoria, Illinois.
 
Alguns meses antes, a Kering adquiriu a dinamarquesa Lindberg.
 
A Kering Eyewear projeta e distribui óculos para o seu portfólio de 17 marcas, que inclui Lindberg, Gucci, Cartier, Saint Laurent, Bottega Veneta, Balenciaga, Chloé, Alexander McQueen, Montblanc, Brioni, Dunhill, Boucheron, Pomellato, Alaïa, McQ, Puma e Maui Jim.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.