×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
16 de jan. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Kenzo adota um novo logo

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
16 de jan. de 2020

Novo diretor artístico significa muitas vezes novo logo e, desta vez, foi Felipe Oliveira Baptista quem optou por rever a tipografia da maison Kenzo. Nomeado para liderar a criatividade da marca francesa em julho passado, o designer português substituiu a dupla Carol Lim e Humberto Leon, que reinaram na marca durante oito anos.


O novo logo - © Kenzo


Adeus, portanto, aos trios de linhas gráficas que formavam a antiga assinatura da Kenzo. O novo diretor artístico da marca pertencente à LVMH optou por preencher as letras com uma tipografia arrojada e imponente. Um espírito menos convencional e mais libertário, com letras compostas por blocos pretos nem sempre conectados entre si.
 
Felipe Oliveira Baptista não é o primeiro a dedicar-se ao exercício de mudança de logo ao receber o leme de uma casa de luxo. Hedi Slimane, por exemplo, fez correr muita tinta em 2018, quando assumiu as rédeas da maison Céline. O estilista  removeu simplesmente o acento agudo do nome da marca para o tornar num logo mais internacional, mas acima de tudo para mostrar que a sua chegada significou a passagem da casa francesa para uma nova era.

O estilista português, que chegou à liderança da Kenzo depois de desenhar na Lacoste durante oito anos, mostrou-se por seu lado mais reservado quanto a esta atualização de logo. No entanto, este último deverá provavelmente estar presente na primeira coleção do diretor artístico, que será revelada em março. Este apresentará as novas peças masculinas e femininas da sua visão da Kenzo.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.