×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de set. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Kenneth Ize abre a Semana da Moda de Paris

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de set. de 2021

O fato de o desfile de abertura da maior semana da moda da cidade, a do prêt-à-porter feminino, ter sido entregue a um jovem estilista como Kenneth Ize, diz muito sobre Paris estar aberta a novas ideias. 


Kenneth Ize - primavera-verão 2022 - Paris - Foto: Cortesia de Kenneth Ize

 
O grande tema de Ize, nascido na Nigéria e criado na Áustria, foi a sua origem africana e o "Third World" (Terceiro Mundo). O resultado foi uma coleção comovente baseada em materiais africanos tradicionais reinventados num contexto cosmopolita. O desfile foi realizado num piso superior do Palais de Tokyo, o museu de Paris que é o maior centro de criação artística contemporânea da Europa.
 
Assim como nas suas coleções de moda masculina de estreia, o material chave foi o asoke, que significa um material de topo, um tecido headtie africano tecido à mão criado pelo povo iorubá, com desenho gráfico de treliça e geometria maravilhosa.

Ize se concentrou no esquema de cores ousado: uma túnica azul marinho e shorts, até mesmo com Birkenstocks combinando. Embora ele tenha completado os ternos estilo pijama com coletes de linho de uma cor. Havia uma vibração de estrela do rock por toda parte, embora os heróis de Ize estejam a anos-luz de distância da ostentação. Em vez disso, havia referência às suas raízes na cultura africana com tecidos crus e vibrantes cores terrosas.

Ize também é proficiente na arte de cortar, algo que demonstrou especialmente em suas maravilhosas camisas masculinas com colarinhos altos, tão imponentes que fizeram as camisas Hilditch & Key de Karl Lagerfeld parecerem crewnecks.


Kenneth Ize - primavera-verão 2022 - Paris - Foto: Cortesia de Kenneth Ize


"Vou muito à África. E o termo Terceiro Mundo sempre vem à mente. É assim que muitas pessoas me veem. Embora meus amigos ocidentais não saibam o que significa. Mas esse te termo limita porque não te eleva. Portanto, este é um novo amanhecer para mim", disse ele em meio à lágrimas, enquanto uma equipe de filmagem o seguia nos bastidores e depois para uma sala separada.
 
Embora conhecido principalmente como designer de moda masculina, sua nova coleção foi mista e incluiu vestidos com franjas e camisas e túnicas de listras largas para mulheres, feitas no mesmo tecido usado para os homens.

"Eu queria mostrar o quão importante as mulheres são no mundo. E como os homens tentam controlar seus corpos, o que é muito triste. Eles nos ensinaram que o rosa é para as mulheres e o azul para os homens, e eu queria brincar com isso," acrescentou Ize.
 
Antes da pandemia, dizíamos que alguém precisava nomear Ize como diretor criativo de uma marca europeia histórica e liberar seus talentos. Depois desta magnífica exibição, continuamos com a mesma opinião.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.