Kate Spade assina acordo de licença de onze anos com a Interparfums

A marca americana de prêt-à-porter, Kate Spade, que já se associou à Elizabeth Arden no segmento de perfumaria, e depois trabalhou com The Perfume Center, acaba de assinar um acordo de licença mundial com vigência de onze anos com a Interparfums. O grupo francês irá criar, produzir e distribuir as linhas de perfumes e produtos derivados da marca, que serão vendidos em lojas de departamento, perfumarias, lojas duty free e lojas Kate Spade, a partir do outono / inverno de 2020/21.


Ver o desfile
Kate Spade New York - Primavera-Verão 2019 - Moda Feminina - Nova York. - © PixelFormula

Para Anna Bakst, diretora geral e presidente da Kate Spade: “A Perfumaria é uma categoria aspiracional, uma maneira ideal de apresentar aos nossos clientes a alegria e a feminilidade que tornam a marca famosa”. “Muito consolidada nos Estados Unidos e na América do Sul, a marca Kate Spade também brilha na Ásia e estamos convencidos de sua dimensão internacional”, declarou Philippe Benacin, CEO da Interparfums.

Propriedade do grupo Tapestry desde 2017, Kate Spade viu suas vendas no terceiro trimestre aumentarem 4%, para 281 milhões de dólares. A empresa, que é também proprietária da Coach - que também é licenciada pela Interparfums desde 2015 - e Stuart Weitzmann, registrou vendas de 1,33 bilhão de euros no mesmo período, um aumento de 1% em comparação com o ano anterior. Um novo diretor de operações, Tom Glaser, foi nomeado em 29 de maio.

Por outro lado, a Interparfums atingiu um volume de negócios de 455 milhões de euros em 2018. O grupo detém as licenças de perfumes e cosméticos das marcas Coach, Jimmy Choo, Boucheron, Van Cleef & Arpels, Karl Lagerfeld e Repetto.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

PerfumesNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER