×
1 050
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Coordenador(a) de Compras de Eventos
Efetivo · São José dos Pinhais
RENNER
Product Owner (po) - Omnichannel
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Product Manager (Ecommerce Experience) - Farfetch Platform Solutions
Efetivo · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Especialista ii Treinamento Comercial Venda Direta - Franschising
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Compradora de Projetos Júnior - Híbrida - PR
Efetivo · São José dos Pinhais
MARISOL
Analista de CRM - São Paulo
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Gerente sr Comercial Lojas Boti (Nordeste)
Efetivo · Brasília
RENNER
Content & Performance Manager
Efetivo · São Paulo
VIVARA
Analista de Compliance Senior
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de CRM
Efetivo · Jaraguá do Sul
VIVARA
Analista de CRM sr
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace – Onboarding de Sellers
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace - Atendimento e Pós-Vendas
Efetivo · São Paulo
PUMA
Retail District Manager
Efetivo · São Paulo
RENNER
Coordenador de CRM
Efetivo · São Paulo
RENNER
Pcd
Efetivo · Florianópolis
L'OREAL GROUP
Loa - br - Operações - Analista de Supply Planning Sênior- Divisão de Cosmética Ativa
Efetivo · Rio de Janeiro
L'OREAL GROUP
Propagandista - l'Oréal Cosmética Ativa - Porto Alegre/rs
Efetivo · Porto Alegre
L'OREAL GROUP
Analista de Categoria (Hair) - l'Oréal Grande Público
Efetivo · Rio de Janeiro
VIVARA
Aprendiz – River Shopping - Petrolina/pe
Efetivo · Petrolina
VIVARA
Estoquista - Teresina Shopping - Teresina/pi
Efetivo · Teresina
CAEDU
Operador de Loja
Efetivo · Carapicuíba
Publicado em
20 de jan. de 2023
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Americanas

Publicado em
20 de jan. de 2023

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou nesta quinta-feira (19) o pedido de recuperação judicial da Americanas (AMER3). A varejista diz ter dívidas de R$ 43 bilhões com mais de 16 mil credores. O escândalo contábil de R$ 20 bilhões foi tornado público há uma semana.


Fachada das Lojas Americanas - Eduardo P / Wikimedia Commons


Na decisão, o magistrado alega que a decisão visa a proteger uma empresa relevante na economia, que atende mais de 50 milhões de pessoas. A partir de agora, os escritórios Preserva-Ação Administração Judicial, do advogado Bruno Rezende, e o Escritório Zveiter serão os administradores judiciais da Americanas.

Com a recuperação judicial em curso, a Americanas terá um período de 180 dias dentro do qual todas as suas obrigações de dívida ficam suspensas. Em até 60 dias, a empresa precisará apresentar a primeira versão de um plano de reestruturação, que deverá ser aprovado por uma assembleia de credores.

Assim, alguns dos valores que foram congelados por bancos terão que ser devolvidos ao caixa da Americanas. A Americanas afirma que vem perdendo a capacidade operacional diante do rebaixamento de notas de crédito e bloqueio de recursos da empresa sob custódia de bancos.

Além da varejista, que comercializa inúmeros produtos de moda e beleza, o Grupo DOK, dono das marcas de calçados Ortopé e Dijean, também acaba de ser alvo de um pedido de falência, sob alegações de fraude financeira. Segundo o Evolut Fundo de Investimento, que protocolou o pedido, a empresa tem dívida de R$ 400 milhões com 90 instituições financeiras diferentes, entre bancos  e fundos de investimento em direitos creditórios.

O pedido de falência foi protocolado na quarta-feira (18) na Justiça de Birigui, cidade onde está registrada a sede do Grupo DOK. A empresa emprega 2,5 mil trabalhadores diretamente.
 

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.