×
892
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Juicy Couture vai estrear na Semana da Moda de Nova York

Por
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 30 de jan de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A Juicy Couture, marca que se tornou o uniforme de celebridades no final dos anos 90 e início dos anos 2000, está prestar a fazer seu retorno ao cenário da moda e, em fevereiro, se apresentará pela primeira vez na Semana da Moda de Nova York.


Juicy Couture

 
No auge de sua popularidade, a marca da Califórnia era usada por Paris Hilton, Mariah Carey e Britney Spears. Seus conjuntos esportivos de calças e moletons de veludo eram onipresentes, juntamente com os slogans de cristal gravados em suas roupas.
 
Em 2014, em meio à queda das vendas e logo após os ativos da marca serem adquiridos pelo Authentic Brands Group, todas as lojas próprias nos Estados Unidos foram fechadas. Muitos analistas acreditavam que a sua expansão em grandes outlets havia prejudicado a marca que era considerada como premium. 

Desde então, a marca se reinventou e se reposicionou. Na segunda metade de 2017, a Juicy Couture nomeou Jamie Mizrahi, estilista de estrelas de cinema, como a sua nova Diretora Criativa. "Marcas pagam designers e celebridades para colaborar com elas, então por que não ir direto na fonte?", declarou Nick Woodhouse, presidente e diretor de marketing do Authentic Brands Group, na época.

Em setembro do ano passado, a marca realizou uma apresentação privada de sua coleção Primavera 2018 sob a direção da sua nova diretora criativa.

"Não estou tentando reinventar a Juicy. Estou pegando sua história que é tão especial e fazendo com que a marca continue sendo divertida e usável, trazendo de volta silhuetas e materiais e os transformando para que funcionem para a mulher moderna", comentou  Jamie Mizrahi na época.
 
O cachê da marca também recebeu um grande impulso com sua colaboração com a Vetements para as coleções masculinas e femininas da primavera de 2017. Em vez de recriar os famosos terry tracksuits da marca, a Vetements fez uma atualização moderna, com “Juicy" escrito nos braços e em vários lugares.

Uma colaboração anterior foi feita em 2016 com a modelo de designer Behati Prinsloo, que se concentrou em blusas e camisetas.
 
Os gestores da marca  afirmaram freqüentemente na imprensa que o "juicy lifestyle” se ajusta à  cultura de hoje, do consumo influenciado pelas mídias sociais e celebridades. Eles também querem tentar capitalizar a dominante nostalgia dos anos 90, em especial com logotipos em peças casuais. A Gap, por exemplo, acaba de lançar a Logo Remix, uma coleção de edição limitada criada com os logotipos utilizados pela marca em cinco décadas.

Para competir com os preferido da athleisure como Lululemon, a Juicy não pode confiar apenas em seus arquivos, ou na fórmula tracksuit de veludo. Na Semana da Moda de Nova York, a marca mostrará sua linha Outono / Inverno 2018 em duas coleções - sua linha principal atualizada e renomeada como "Black Label" ao lado de sua linha mais casual, a "Juicy by Juicy Couture”.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.