×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
28 de jan de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Jeremy Scott cancela desfile nova-iorquino e anuncia regresso a Paris

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
28 de jan de 2020

Notícia de última hora: Jeremy Scott canceloua o seu desfile nova-iorquino, o que deverá enfraquecer ainda mais a fashion week americana. O criador, originário do Kansas, apresentará a sua próxima coleção durante a semana da Alta Costura, em Paris.


Jeremy Scott agradece no final do seu último desfile - o próximo será realizado em Paris


O desfile de Jeremy Scott estava programado para acontecer na sexta-feira, 7 de fevereiro, às 20h, dando início ao calendário oficial do Council of Fashion Designers of America (CFDA), a entidade dirigente da moda nos Estados Unidos.
 
"Jeremy Scott decidiu não apresentar a sua coleção outono-inverno 2020 durante a Semana da Moda de Nova York. Para prestar homenagem à cidade que lançou a sua carreira como criador, Jeremy Scott apresentará a sua próxima coleção em Paris, em julho", anunciou a marca em comunicado.

Vale lembrar que Jeremy Scott deu os seus primeiros passos num bar perto da Bastilha, em 1997, apresentando as suas coleções em Paris até 2001, quando partiu para se estabelecer em Los Angeles.

Embora o designer de 45 anos não tenha explicado as razões deste cancelamento, podemos entender como uma reação à decisão do novo presidente do CFDA, Tom Ford, que escolheu organizar o seu próprio desfile em Los Angeles no próximo mês. Este apresentará a sua coleção no dia 7 de fevereiro às 19h, horário local, três horas após o horário previsto para o desfile de Jeremy Scott. E dois dias antes da cerimônia do Oscar em Los Angeles.

Dadas as relações de Tom Ford com a indústria cinematográfica, o seu desfile arrisca ofuscar toda a temporada nova-iorquina e, sem dúvida, o desfile de Jeremy Scott, que nos últimos anos atraiu todo o ecossistema de moda para Manhattan.

A partida de Jeremy Scott enfraquece ainda mais a fashion week de Nova York, já privada de alguns dos grandes nomes da moda americana. Ralph Lauren ainda não revelou os seus planos - ainda não está listado em nenhum evento no calendário oficial do CFDA. Por outro lado, Tommy Hilfiger estará muito ocupado com o seu desfile "See Now Buy Now", organizado em Londres. E a Calvin Klein não apresenta desfiles desde o desligamento de Raf Simons, há dois anos.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.