×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de set. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Jean-Michel Granier deixará o cargo de CEO da Adidas para a América Latina

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de set. de 2021

O executivo Jean-Michel Granier, que ingressou na Adidas há 18 anos, anunciou seu desligamento da empresa alemã, o que significa que deixará seu atual cargo de CEO para a América Latina.


Jean-Michel Granier - The Korea Herald


Sem especificar os motivos da sua decisão ou qual será o seu próximo passo, Granier revelou através das suas redes sociais que deixará a empresa especializada em artigos esportivos no final deste ano, embora não tenha revelado a data exata de seu último dia na Adidas.

Granier aproveitou para agradecer a sua equipe e seus colegas da Adidas: “Gostaria de agradecer a todos por essa jornada e pela incrível inspiração que vocês foram para mim”, declarou o executivo, que também trabalhou no Carrefour.

Jean-Michel Granier assumiu a direção geral da América Latina em julho de 2016, supervisionando equipes da Adidas em países como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Panamá e Peru. Ele ingressou na Adidas em 2003 como diretor de contas-chave da marca na França e em 2004 se mudou para a Itália após ser designado como diretor de vendas, se tornando posteriormente diretor geral do mercado italiano.

Em 2012, ele foi nomeado diretor executivo da região sul da Europa, sendo responsável pelas subsidiárias da Adidas na Itália, Grécia, Sérvia, Croácia, Eslovênia e Chipre. Dois anos depois, assumiu o cargo de diretor-gerente da Coréia do Sul, até sua chegada à América Latina.

A marca alemã ainda não se pronunciou sobre o assunto nem revelou o nome do possível substituto de Jean-Michel Granier.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.