×
Por
Jornal T
Publicado em
27 de mar. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Japoneses da Uniqlo querem bater Zara

Por
Jornal T
Publicado em
27 de mar. de 2017

Os japoneses da Fast Retailing (dona da Uniqlo) querem bater ao sprint a concorrência da Zara, planeando reduzir para 13 dias o lapso de tempo que decorre entre o design de uma peça e a sua entrega.

Uma unidade da Uniqlo - Foto: Reprodução


“Precisamos ser rápidos. Precisamos entregar rapidamente os produtos que os clientes querem” declarou Tadashi Yanai, o proprietário da Fast Retailing, explicando a aposta em aumentar a velocidade do abastecimento das lojas com os últimos produtos da moda e a oferta de itens personalizados aos consumidores.

A maior empresa cadeia japonesa de vestuário definiu como objectivo aumentar em 70% o seu volume de negócios até 2021, ano em que quer faturar 27 mil milhões de euros.

“A Zara vende moda em vez de atender às necessidades dos clientes. Nós venderemos produtos baseados na vida quotidiana das pessoas e estamos focados na venda de roupas que satisfaçam as necessidades dos consumidores”, acrescentou Yanai.
A Fast Retailing aposta em crescer nos mercados asiáticos, onde espera fazer dois terços do seu volume de negócios, e tem um programa anual de abertura de lojas bastante agressivo: 100 novas lojas na China e outras tantas nos diferentes países do Sudeste Asiático.

“A capacidade de atender a todos em qualquer lugar e a qualquer momento com o máximo de roupas de alta qualidade para o dia a dia, vai destacar-nos da concorrência. Queremos entregar rapidamente os produtos que os clientes querem. É por isso que nos chamamos Fast Retailing”, conclui Yanai.

Copyright © 2016 Jornal T

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.