×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
23 de mai. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Jacquemus nomeia Bastien Daguzan como CEO

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
23 de mai. de 2022

A Jacquemus dá início a um novo capítulo ao nomear, pela primeira vez, um diretor-geral externo. Até agora, a casa de moda parisiense era dirigida pelo seu fundador e diretor artístico, Simon Porte Jacquemus. Agora, a maison acaba de nomear como CEO Bastien Daguzan, que liderou a Paco Rabanne Mode nos últimos cinco anos.


Bastien Daguzan - DR


O executivo (de 38 anos) deixou em abril a marca do grupo Puig, onde foi sucedido por Nadia Dhouib. Originário do sudoeste da França, formou-se em direito empresarial internacional na Sorbonne, em Paris, continuando a sua formação com especialização em design & luxo no Institut Français de la Mode. Começou a sua carreira na moda em 2008 na Kris Van Assche, onde liderou as vendas e o desenvolvimento durante cinco anos.
 
Em 2013, tornou-se diretor-geral da marca Lemaire, trabalhando em estreita colaboração com a dupla Christophe Lemaire e Sarah Linh Tran. Promoveu nomeadamente a colaboração da marca com a Uniqlo, resultando na aquisição de uma participação minoritária por parte da gigante japonesa Fast Retailing na marca, que passou de 2 para 10 milhões de euros em três anos (2015-17).

Em março de 2017, Bastien Daguzan assumiu a direção da divisão de moda da Paco Rabanne, onde acompanhou o reposicionamento da marca juntamente com o seu diretor artístico, Julien Dossena, direcionando-a para a distribuição direta. De acordo com o comunicado, gera um crescimento de três dígitos e quadruplica o número dos varejistas multimarca, enquanto participa ativamente no lançamento da primeira linha de perfumes Pacollection.

Para a Jacquemus, trata-se claramente de uma aposta estratégica para melhor estruturar a empresa, que continua a crescer e se prepara para acelerar ainda mais o seu desenvolvimento. Nos últimos meses, multiplicou projetos, do seu último desfile no Havaí às suas lojas temporárias automatizadas, passando pelo lançamento iminente da sua colaboração com a Nike. A marca também estará a planear o lançamento de uma linha de beleza, que será desenvolvida pelo grupo espanhol Puig, proprietário da Paco Rabanne, entre outras.
 
Originário da Provence, Simon Porte Jacquemus lançou a sua marca em 2009, aos 19 anos, e desde então obteve um sucesso sem precedentes graças à sua moda solar e colorida, incluindo alguns acessórios, como a suas famosas bolsas liliputianas e chapéus de palha gigantes. Com mais de 4,6 milhões de seguidores no Instagram, a marca, que conta com clientes como Rihanna e as irmãs Hadid, emprega mais de cem de pessoas e fatura cerca de 25 milhões de euros. A sua oferta vai do vestuário feminino ao masculino, incluindo acessórios (bolsas, sapatos, óculos, chapéus, bijuteria).

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.