×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de mar. de 2018
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

J.Crew reduz as perdas trimestrais e Madewell sobressai

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de mar. de 2018

A empresa norte-americana de moda, ​J.Crew Group, Inc., registrou uma queda de 2% na receita total, para 2,37 bilhões de dólares no ano fiscal encerrado em 3 de fevereiro de 2018, apesar das fortes vendas da Madewell.


J.Crew encerrou o ano fiscal com um declínio de 6% nas vendas, enquanto as vendas da Madewell aumentaram. - Facebook: Madewell


A varejista norte-americana registrou uma queda de 2% na receita, para 2,37 bilhões de dólares no ano fiscal encerrado em 3 de fevereiro de 2018, As vendas comparáveis ​​da empresa também caíram 6%, após uma queda de 7% no ano anterior.
 
As vendas da principal marca da companhia, sediada em Nova York, caíram 8% para 1,85 bilhão de dólares, ofuscando o forte crescimento da marca Madewell, que registrou um aumento de 23% nas vendas, para 421,1 milhões de dólares. As vendas comparáveis ​​da Madewell aumentaram 13%.

Apesar da desaceleração anual, a J.Crew encerrou o ano mais forte. Em seu quarto trimestre, o lucro líquido subiu para 36,6 milhões de dólares, ante 1,1 milhão de dólares no mesmo período do ano passado, com um benefício fiscal de 64,8 milhões de dólares impactando o resultado final.

O resultado do último trimestre, encerrado em 3 de fevereiro, também foi impactado por custos de transformação de 18,7 milhões de dólares, perdas não-monetárias de 4,3 milhões de dólares, 1,3 milhão de dólares de custos de transação, e 1,3 milhões de dólares em despesas de indenização. O lucro líquido do ano anterior refletiu o impacto das perdas não-monetárias.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização aumentou 13,1 milhões de dólares, ou 25%, para 64,6 milhões de dólares, em comparação com 51,5 milhões de dólares no quarto trimestre do ano passado. O lucro operacional foi de 6,1 milhões de dólares, ante a 15 milhões de dólares no mesmo período um ano antes.

No último trimestre, as receitas totais aumentaram 2%, para 710,6 milhões de dólares, enquanto as vendas comparáveis ​​caíram apenas 3%. Durante o período, as vendas da J.Crew diminuíram 4%, para 547,1 milhões de dólares, e as vendas comparáveis ​​caíram 7%, após uma diminuição de 7% no quarto trimestre do ano passado.

As vendas da Madewell aumentaram 32%, para 135,8 milhões de dólares, e as vendas comparáveis ​​aumentaram 17%.
 
O CEO da empresa, Jim Brett, se mostrou otimista com a J.Crew, que vem enfrentando dificuldades há dois anos.
 
“Apesar de estarmos apenas no início de nossa evolução da marca J.Crew, uma mudança significativa já está acontecendo e estamos vendo os resultados em nosso negócio principal, o vestuário feminino, o que mostra que nossa estratégia está funcionando. Com a estratégia e liderança certas, estamos preparados para responder à crescente preferência dos clientes por uma experiência mais personalizada”.

Brett acrescentou que o grupo continuará "escalando a Madewell mais rapidamente, com base em seu comprovado e consistente registro de crescimento".
 
No início deste ano, a Madewell abriu shops-in-shops em seis pontos de venda da J.Crew.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.