Interparfums eleva previsões graças ao dinamismo sustentado dos perfumes Coach

A Interparfums elevou na terça-feira as suas previsões de vendas e de margem para 2018 e a sua previsão do volume de negócios para 2019 devido a “uma excelente atividade" no final do ano, reforçada pelo dinamismo das vendas dos perfumes Coach. 


Interparfums

O grupo francês, que cria e distribui perfumes, espera um volume de negócios de 450 milhões de euros em 2018, o que representa um aumento de 7% em relação ao ano precedente, indicou a num comunicado Interparfums, que anteriormente, previa vendas ligeiramente superiores a 430 milhões de euros.
 
A empresa alcançou "uma excelente atividade de fim de ano, impulsionada pelo dinamismo dos perfumes Coach, nomeadamente nos Estados Unidos".
 
As vendas totais do grupo nos primeiros nove meses do ano já chegam aos 337,2 milhões de euros, um aumento de 4,1% ano a ano, ou de 8,2% em moeda constante.

No terceiro trimestre, os perfumes sob licença da nova-iorquina Coach alcançaram mesmo o melhor desempenho do grupo, com vendas em alta de 42% ano a ano, para 22,5 milhões de euros.
 
A Interparfums também aumentou a sua previsão de margem operacional em 2018, que deverá "ficar entre 13,5% e 14%", contra uma previsão anterior de entre 13% e 13,5%. Em 2017, a empresa teve uma margem operacional de 14,2%.

O forte desempenho do final do ano também levou a Interparfums a mostrar-se ainda mais confiante para 2019. Agora, o grupo espera registar vendas de 470 milhões de euros este ano, contra o anterior intervalo entre 460 e 470 milhões euros, disse na terça-feira o seu CEO, Philippe Benacin, citado no comunicado.

Depois de um ano de 2018 sem lançamentos importantes, a Interparfums espera acelerar o passo em 2019 com vários lançamentos estratégicos, começando com uma terceira linha masculina Montblanc no início deste ano.
 
Uma nova linha feminina da marca Lanvin será também lançada no próximo verão, bem como uma segunda linha masculina Jimmy Choo no outono de 2019, enquanto iniciativas complementares irão reforçar as linhas existentes da Coach e da Rochas.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

PerfumesNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER